Banner prefeitura Covid
Prainha

R$ 14 milhões do orçamento da União para 2020 estão assegurados para Barragem Prainha

Luiz Guaritá Neto explicou que logo após o período chuvoso de janeiro, as obras de terraplanagem terão continuidade

15/01/2020 06h00
Por: Redação
Direção do Codau fez o anúncio nesta terça-feira, quando apresentou o balanço de 2019 de ações e obras e mostrou que 2019 fechou com índice de 5,9%, de inadimplência, 1% a mais que o registrado em 2018 - Foto: Divulgação
Direção do Codau fez o anúncio nesta terça-feira, quando apresentou o balanço de 2019 de ações e obras e mostrou que 2019 fechou com índice de 5,9%, de inadimplência, 1% a mais que o registrado em 2018 - Foto: Divulgação

Dois Centros de Reservação e uma adutora de água tratada, inseridos no programa Mais Água, acabam de entrar em operação para ampliar o abastecimento de água em Uberaba. Este foi um dos anúncios feitos na manhã desta terça-feira (14) pelo presidente da Codau, Luiz Guaritá Neto, em coletiva de imprensa na sede da autarquia.

Recursos assegurados na ordem de R$ 14 milhões, para dar andamento às obras da Barragem Prainha neste ano de 2020, também foram divulgados. A liberação é do Ministério de Integração Regional, e somados à verba de cerca de R$ 3,5 milhões empenhados na Caixa em 2019, asseguram a conclusão da obra.

Luiz Guaritá Neto explicou que logo após o período chuvoso de janeiro, as obras de terraplanagem terão continuidade. “Os recursos ficam depositados em uma conta da Caixa, controlado pelo governo e ficam disponíveis lá. Na medida em que a obra avança, as medições são realizadas e o pagamento efetuado”, explicou Guaritá.

Neste componente de abastecimento público ele também divulgou a entrada em carga do novo reservatório metálico cilíndrico do Centro de Reservação (CR)-5, no bairro Abadia e do CR-13, no Valim de Melo. E fez o prognóstico para mais 90 dias para a entrada também em carga do CR-12 na Vila Ozanan. A capacidade de armazenamento deles soma 22,5 milhões de litros e com a reservação do CR-4 (Amoroso Costa) e ETA (Boa Vista), obras do Mais Água que já estão em funcionamento, totalizam 31,34 milhões de litros disponibilizados nos últimos anos para o sistema.

Na última semana também entrou em operação a adutora de 2,7 km de extensão, que interliga do CR-4 à rua Oswaldo Cruz, construída para ampliação do abastecimento dos bairros Res. Estados Unidos, Jd. Baronesa, Jd. do Lago, Res. Flamboyant e conjuntos Guanabara, Frei Eugênio, Cássio Resende, além do Parque do Mirante. ‘Ela é interligada ao novo reservatório cilíndrico do CR-4 e isto permite abastecimento muito mais regular e constante, além da entrega de uma pressão na rede de distribuição muito superior ao que os moradores estavam acostumados’, observou Guaritá. Uma parte da área beneficiada já está em carga e o restante das interligações serão realizadas nas próximas semanas.

 

Balanço – A direção da autarquia também divulgou dados de atendimento ao público. Em 2019, o Fale 115 da Codau recebeu 138.030 ligações, uma média 500 ao dia (de segunda à sexta-feira são os dias de pico). Ao todo foram emitidas 128.990 ordens de serviço, entre solicitações de vistorias, recomposições de vias e passeios, manutenções de água e esgoto e etc. A média é de 358 ordens emitidas ao dia.

A equipe do Fale 115 da Codau, que realiza pesquisa de satisfação dos consumidores em relação aos serviços prestados, apurou em 2019, um índice de 92,2% de aprovação.

Sobre a inadimplência, o ano de 2019 fechou com índice de 5,9%, 1% a mais que o registrado em 2018. Em detalhamento, as contas do mês de dezembro do ano passado ficaram com inadimplência em 40,37%. O nível retrata a dívida dos consumidores para contas de água entregues no primeiro mês e caiu para 15,79% no mês subsequente, quando a Codau já emitiu a segunda conta do imóvel. A dívida gerada pela inadimplência em 2019 representou R$ 8,2 milhões. E a dívida ativa chega a R$ 14 milhões.

Durante a coletiva, o presidente Luiz Guaritá Neto também apresentou os números referentes à coleta de resíduos sólidos em Uberaba. No primeiro ano em que o serviço estava sob a responsabilidade da Codau foram recolhidas 87.746,09 toneladas de resíduos sólidos doméstico, em uma média de 7 mil toneladas ao mês.

Em 2019 a equipe da Codau aprovou 17 empreendimentos para o município de Uberaba, totalizando 6.499 lotes ou unidades habitacionais. Entre as vistorias realizadas, destaque para as de Habite-se que somaram 1.352.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários