Banner prefeitura Covid
Seguradora Líder

Governo anuncia auditoria no DPVAT

. A análise do período mostra fornecedores e consorciados que abasteceriam financeiramente o ex-partido político do presidente Jair Bolsonaro

16/01/2020 06h00
Por: Redação

O governo está realizando uma auditoria nas contas da Seguradora Líder, responsável pelo Seguro de Danos Pessoais por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT). A investigação mostra ligações entre a empresa investigada e o partido PSL entre os anos de 2008 e 2017. A análise do período mostra fornecedores e consorciados que abasteceriam financeiramente o ex-partido político do presidente Jair Bolsonaro. Entre as conexões destacadas na auditoria está a com a Companhia Excelsior de Seguros, uma consorciada da Líder que tem como acionista Luciano Bivar, presidente do PSL.

O escritório de advocacia da empresa ainda tem como sócio Antônio Rueda, vice de Bivar. A Líder transferiu para essas empresas R$ 94 milhões de 2009 a 2016. Registra, também, mensagens de celulares de diretores da seguradora e contatos com políticos durante a CPI do DPVAT, criada em julho de 2016 e encerrada em janeiro de 2019 sem emitir nenhum parecer. Bivar afirmou que nunca teve relacionamento com gestores da Líder. Rueda defendeu-se dizendo que nunca atuou para atrapalhar a CPI. Já a empresa investigada disse que adotou boas práticas de governança. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários