Indústria

Em novembro, nível de uso do parque industrial foi o maior em 13 meses, diz CNI

Isso quer dizer que diminuiu a ociosidade da indústria

18/01/2020 06h00
Por: Redação

O nível de utilização da capacidade instalada (UCI), ou seja, de uso do parque industrial, subiu para 78,2% em novembro do ano passado, com alta de 0,3 ponto percentual na comparação com outubro. As informações foram divulgada nesta sexta-feira (17) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

De acordo com a entidade, esse foi o maior nível desde agosto de 2018. Isso quer dizer que diminuiu a ociosidade da indústria.

“Das variáveis levantadas pelo Indicadores Industriais, a UCI é a única que mostra alta no acumulado do ano até novembro. Nos últimos três meses, a UCI manteve-se acima da média registrada para 2019 até o momento”, acrescentou a entidade.

Segundo a CNI, o faturamento real da indústria caiu 0,6% em novembro, enquanto as horas trabalhadas na produção (indicador de atividade) e o emprego no setor ficaram estáveis, todos indicadores na comparação com o mês anterior. Na parcial de 2019, o faturamento recuou 0,9%, as horas trabalhadas caíram 0,4% e o emprego industrial diminuiu 0,3%.

“O ritmo de crescimento da indústria, especialmente no início de 2019, foi frustrante. Com isso, o faturamento, o emprego e as horas trabalhadas na produção devem ter fechado o ano com pequenas quedas na comparação com a média de 2018. A massa salarial e o rendimento médio do trabalhador devem ter quedas mais acentuadas”, avaliou o economista da CNI Marcelo Azevedo.

Para ele, a indústria deve iniciar o ano mantendo a tendência de recuperação registrada no segundo semestre de 2019. A expectativa da CNI, divulgada no fim do ano passado, é de que o PIB industrial tenha uma alta de 2,8% em 2020. Se a projeção for confirmada, será a maior expansão desde 2011, ou seja, em nove anos.