Quarta, 21 de Abril de 2021
(34) 99869-4433
Anúncio
Nacional STF

Toffoli equipara teto salarial de universidades federal e estadual

Decisão garante que o valor máximo das remunerações deve ser de R$ 39,2 mil

21/01/2020 06h00
Por: Redação
Medida é liminar e será julgada pelo plenário do Supremo - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Medida é liminar e será julgada pelo plenário do Supremo - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, decidiu que o pagamento de salários de professores e pesquisadores de universidades estaduais deve seguir o teto remuneratório do serviço federal. A decisão garante que o valor máximo das remunerações deve ser de R$ 39,2 mil. Antes da decisão, os estados aplicavam um subteto, que reduzia os salários dos docentes locais.

A liminar do ministro foi proferida na Ação Direta da Inconstitucionalidade (ADI) 6.257, protocolada na Corte pelo PSD. Para o partido, a Emenda Constitucional 41/2003, que estabeleceu um subteto para servidores públicos estaduais, criou “injustificável distinção” remuneratória entre instituições universitárias estaduais e federais.

Ao analisar o caso, Toffoli entendeu que deve ser observado o princípio constitucional da igualdade para pagamento dos salários dos professores de universidades do país.

“Ante o quadro revelado, defiro a medida cautelar pleiteada para dar interpretação conforme ao Inciso XI do art. 37, da Constituição Federal, no tópico em que a norma estabelece subteto, para suspender qualquer interpretação e aplicação do subteto aos professores e pesquisadores das universidades estaduais, prevalecendo, assim, como teto único das universidades no país, os subsídios dos ministros do Supremo Tribunal Federal”, decidiu Toffoli.

A decisão do ministro foi tomada liminarmente e será discutida novamente pelo plenário no julgamento de mérito, que ainda não tem data para ocorrer.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Veja também
Nacional Correios reduz prazos de serviços de encomendas em 21 Estados Dando continuidade às melhorias implementadas pelos Correios nos serviços
Nacional Brasil possui mais de 600 vagas previstas para concursos públicos na área da saúde Ao todo, estima-se que o país abrirá 619 vagas, distribuídas em diversas instituições, para concursos públicos na área da saúde, com prazos de inscrição que variam entre março e junho de 2021
Nacional PGR recorre de decisão que anulou condenações do ex-presidente Lula na Lava Jato A Procuradoria-Geral da República recorreu da decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que anulou condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Justiça Federal do Paraná em investigações da Lava Jato.
Ele1 - Criar site de notícias