Prefeitura- coronavírus
Futebol

Dudamel explica ausência de Cazares em estreia do Atlético: ‘Tem o desejo de sair’

Venezuelano disse que o meia estava ‘sem cabeça’ para a partida no Triângulo Mineiro

23/01/2020 06h00
Por: Redação
Segundo Dudamel, Cazares tem a intenção de sair do Atlético - Foto: Bruno Cantini/Atlético
Segundo Dudamel, Cazares tem a intenção de sair do Atlético - Foto: Bruno Cantini/Atlético

O técnico Rafael Dudamel explicou a ausência do meia Cazares na vitória do Atlético sobre o Uberlândia, por 1 a 0, na estreia da equipe no Campeonato Mineiro, na terça-feira. O venezuelano disse que o meia estava ‘sem cabeça’ para a partida no Triângulo Mineiro. 

“Eu gosto de ter comunicação muito boa e muito diálogo com os jogadores. Joguei futebol por 21 anos e sempre quis ter treinadores que, primeiramente, fossem amigos e que entendesse a parte humana. Tento dar aos meus jogadores essa proximidade e essa confiança de poder conversar sobre tudo em momentos oportunos. Cazares tem uma oferta do futebol internacional. Conversamos, e ele me manifestou, com muita sinceridade, que não tem a cabeça agora no Atlético. Tem o desejo de sair. Vê nessa possibilidade a oportunidade de dar um futuro melhor à sua família. Isso é respeitável”, disse o treinador.

Cazares tem proposta do Al-Ain, da Arábia Saudita. O clube estrangeiro ofereceu 2,8 milhões de dólares (cerca de R$ 11,7 milhões) para contratar o jogador do Atlético.

Dudamel afirmou que quer jogadores concentrados em campo. Por isso, optou por não relacionar Cazares para a estreia. O treinador informou que o futuro do jogador deve ser decidido entre ele e a diretoria do Atlético.

“Eu tenho que ter em cada partida, em cada jogo, um elenco totalmente concentrado no trabalho de campo. Agradeço a sinceridade e o profissionalismo de Cazares ao me manifestar seu desejo. O dirigentes têm a proposta em suas mãos. Agora, é preciso avaliá-la. Os responsáveis por essa decisão e por essa avaliação são os dirigentes. Se a oferta for boa para o clube e para o jogador, eu, como treinador, não vou colocar nenhum problema para que Cazares saia”, completou.