Prefeitura - Carnaval
Coluna

Lawrence Borges

Bastidores

Bastidores

BastidoresBastidores por Lawrence Borges

24/01/2020 06h00
Por: Redação
Executiva Estadual do MDB quer a candidatura de Tony Carlos a prefeito - Foto: Tony Arquivo Pessoal
Executiva Estadual do MDB quer a candidatura de Tony Carlos a prefeito - Foto: Tony Arquivo Pessoal

O INEVITÁVEL

O ex-deputado Tony Carlos comunicou ao prefeito Paulo Piau (MDB) que, na condição de filiado do MDB em Uberaba, disputará a indicação de prefeito pelo partido. A coluna BASTIDORES já havia publicado que Tony Carlos seria candidato à prefeito.

 

EXECUTIVA ESTADUAL

O MDB Estadual, comandado pelo deputado federal Newton Cardoso Jr, não abre mão que o MDB continue na administração de Uberaba, com a saída de Piau. O partido completaria 16 anos na administração. É a maior cidade de Minas Gerais sobre o comando da legenda.

 

ESTRUTURA

O ex-deputado Tony Carlos sai na frente dos demais postulantes à indicação de prefeito pelo MDB, pelo fato de ser o tesoureiro da executiva estadual, podendo canalizar o fundo eleitoral para sua campanha, e, principalmente, por ser o nome mais forte do partido e ex-deputado.

 

DJAVU

Na sucessão do ex-prefeito Anderson Adauto, o MDB foi alvo de muita disputa interna, pois Anderson Adauto, na qualidade de prefeito, pretendia que Rodrigo Mateus fosse o candidato em detrimento de Paulo Piau, que possuía maior viabilidade. A situação poderá ser repetida, caso Tony Carlos não seja o escolhido.

 

E AGORA JOSÉ?

A declaração realizada por Tony Carlos comunicando sua pré-candidatura impulsionará o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Renato, e a Secretaria de Educação, Silvana Elias, a colocarem seus nomes, para não perder espaço dentro da legenda e evitar que Tony dispare nas pesquisas eleitorais.

 

RETROSPECTIVA

O mundo gira e volta ao mesmo local. Por vários anos a política de Uberaba era divida entre PMDB (15) e PFL (25). E agora poderá ter outra eleição polarizando amigos que se tornam adversários como Tony Carlos (MDB) e Luiz Neto (DEM). Dois nomes de peso no cenário de 2020.

 

FAKE NEWS

Circulou na cidade que a pré-candidata Elisa Araújo (sem partido) comunicaria sua filiação ao Patriotas no dia 4 de fevereiro para ser candidata a prefeita. A informação é fakenews. Em conversa com a coluna BASTIDORES, Elisa informou que está conversando com várias lideranças políticas sobre um projeto comum, e que a decisão de filiação será realizada em conjunto com todo o grupo político.

 

DEFINHANDO

O Novo, que demonstrou que não é novo em Uberaba, implodiu depois do papelão realizado em Uberaba e em Minas. Diversas lideranças empresariais e políticas estão abandonando o partido.

 

SEM VEREADOR

A decisão do partido Novo acabou com a pretensão dos postulantes a vereador. O partido poderia eleger até duas cadeiras na Câmara Municipal, mas estará fora do pleito de 2020 e não terá representação.

 

SERÁ QUE COMPENSA?

A atriz Regina Duarte avalia rescindir o contrato de trabalho com a Rede Globo, trocando o salário de R$ 120 mil mensais registrado em carteira para receber salário de R$ 17mil como Secretária de Cultura de Jair Bolsonaro. Será que compensaria trocar o salário? De onde a atriz irá fazer a complementação do salário?

 

VOCE ACREDITA?

Mesmo sem ter confirmado a sua entrada no governo Jair Bolsonaro, a atriz Regina Duarte escolheu nesta quinta-feira (23) como “número 2” da Secretaria Especial de Cultura a reverenda Jane Silva, atual secretária de Diversidade Cultural da pasta. Isso para inglês ver, segundo informações da coluna BASTIDORES, Regina Duarte não conhece a indicada!

 

MPF NA COLA

O Ministério Público Federal (MPF) informou, nesta quinta-feira (23), que ingressou com ação de improbidade administrativa contra o deputado federal Newton Cardoso Júnior (MDB-MG) e seu pai, o ex-governador de Minas e também ex-parlamentar Newton Cardoso, devido ao emprego em serviços particulares de pessoas nomeadas para o serviço público, com dano ao erário, enriquecimento ilícito e violação aos princípios da moralidade e da legalidade administrativas.

 

HUCK PRESIDENTE

Nesta quinta-feira (23), Luciano Huck teve seu momento de protagonismo no Fórum Econômico Mundial, realizado em Davos, na Suíça. De acordo com a Folha de S. Paulo, ele palestrou no painel a respeito dos protestos de rua na América Latina. Foi chamado de “o próximo presidente do Brasil” pelo youtuber Raiam Santos e pela secretária executiva da Comissão Econômica para América Latina e Caribe da ONU, Alicia Bárcena Ibarra.

 

IMPOSTO DO PECADO

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ontem, no Fórum Econômico Mundial, em Davos, que pediu à sua equipe estudos para a criação de um “imposto do pecado”. Ele mencionou cigarros, bebidas alcoólicas e produtos com adição de açúcar como alvos potenciais de um novo tributo.