Prefeitura - Carnaval
Coluna

Política

Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Cláudio HumbertoCláudio Humberto Rosa e Silva é um jornalista brasileiro, colunista e editor-chefe do Diário do Poder, responsável pela ascensão de Fernando Collor de Mello no cenário político nacional. Sua coluna é reproduzida em jornais de todo o Brasil.

26/01/2020 06h00
Por: Redação
136

“Em time que está ganhando não se mexe”

Presidente Jair Bolsonaro sobre dividir o Ministério da Justiça e Segurança Pública

 

Imprensa ‘demitiu’ Moro mais de dez vezes em 1 ano 

Sergio Moro é alvo de notícias de demissão desde a posse, num misto de torcida e desinformação. Já em fevereiro, Bebianno caiu por haver trombado com a família Bolsonaro, mas a imprensa imaginou que, “constrangido”, ele pediria para sair. Veio a exoneração de Ilona Szabó, que Moro havia nomeado, por isso, irritado, “estava de saída”. Jornais cravaram depois sua demissão com o Pacote Anticrime, por “colecionar derrotas e recuos”. Moro até disse haver entrado no governo “para ficar e não para sair”, mas foi inútil: a fantasia sempre vencia a realidade. 

 

Torcida imparável

Para mostrar que era tudo “fake news”, Bolsonaro levou Moro a eventos oficiais, a jogos de futebol etc. Tudo inútil: a torcida continuou. 

 

Antes de 100 dias

Um dos maiores portais do Brasil garantiu em 21 de março que Moro estava “sem forças”, e acertara sua demissão para os dias seguintes.

 

Demissão prévia

Colunista de rádio paulista cravou a demissão de Moro, em 13 de maio, por ter sido “indicado ao STF”. Nem foi demitido, nem foi indicado.

 

Até agora nada

Em agosto e setembro, revistas anunciavam “desgaste” entre Moro e Bolsonaro após operação da PF. Há até livro sobre a relação dos dois.

 

Reunião de Trump e Azevêdo muda rumo da OMC

No segundo dia do Fórum Econômico Mundial, em Davos, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, convidou para uma conversa o brasileiro Roberto Azevêdo, diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), para uma conversa pendente há algum tempo. O encontro foi tão positivo que logo depois Trump abandonou a atitude hostil e até chamou o chefe da OMC para participar da sua coletiva de imprensa, a última na Suíça antes de retornar aos Estados Unidos. 

 

Talento negociador

O encontro com Trump mostrou o talento negociador de Azevêdo e marcou uma mudança animadora nas relações dos EUA com a OMC.

 

Longe disso

No passado Trump chegou até a ameaçar retirar os EUA da OMC. Mas se entendeu com Azevêdo até na discussão sobre a “reforma da OMC”.

 

Novo encontro

O presidente americano e Azevêdo combinaram uma nova reunião “em breve” para continuar as tratativas iniciadas em Davos.

 

Estupidez em Davos

O ministro Paulo Guedes pisa na bola: até o porteiro do Ministério da Economia sabe que o aumento do imposto do cigarro nunca reduziu o seu consumo, apenas estimulou o contrabando, o descaminho.

 

Baleia na parada

O nome do Líder do MDB na Câmara e presidente nacional do partido, deputado Baleia Rossi (SP), cresce como possível candidato à sucessão do atual ocupante do cargo, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

 

Conquistando corações

Regina Duarte tem impressionado positivamente a turma da Secretaria de Cultura. Está empenhada em conhecer tudo, saber dos projetos e programas, e fazer boas escolhas para sua assessoria.

 

Grosseria na TV

Durante debate na TV, sexta (24), a ex-atriz Carla Camurati, muito afetada, foi grosseira e preconceituosa com o secretário de Cultura do DF, jornalista Bartolomeu Rodrigues. Ao contrário dela, o secretário se revelou superior, educado: “A senhora tem razão, não sou ninguém”.

 

Que vergonha

Deputados federais já gastaram mais de R$101 mil com ressarcimento de despesas pessoais, só este ano. Estão de férias, mas não deixam de apresentar notas para que o contribuinte pague a conta.

 

Mentira de 22 anos

Neste domingo completa 22 anos a famosa coletiva de imprensa do então presidente dos EUA, Bill Clinton, onde negou ter tido relações sexuais com a ex-estagiária Monica Lewinsky. Era mentira, claro.

 

Moro é ‘tendência’

O interesse sobre o ministro Sergio Moro (Justiça), de acordo com o Google Trends, que avalia popularidade de buscas online, atingiu na última semana o terceiro maior nível dos últimos 12 meses: 24/100.

 

5G está chegando

Já instalada em Brasília, a Huawei esclareceu que não é seu papel decidir sobre o local de implementação da tecnologia do 5G. Essa atribuição é de operadoras e governos.

 

Pensando bem...

...após a “III Guerra Mundial” iniciada no Irã, 2020 já tem também o “apocalipse” anunciado do coronavírus.

 

PODER SEM PUDOR

Sinal de poder

Eleito governador de Minas Gerais, Tancredo Neves lembrou que precisava arrumar um cargo importante para um amigo de todas as horas, Feliciano Libânio da Silveira, o Sanico, hoteleiro em Alfenas. Procurou-o: “O que você deseja no meu governo, Sanico?” Ele respondeu: “Só uma coisa, Tancredo: quando você for anunciar o secretariado, sala lotada de jornalistas e de políticos, me chame na frente de todo mundo e cochiche qualquer coisa no meu ouvido...”

Sanico sabia que os sinais podiam ser mais importantes que os cargos.

 

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.