Escoteiros

Escoteiros vivem a maior aventura de suas vidas em acampamento mundial

Escoteiros vivem a maior aventura de suas vidas em acampamento mundial

Fogo de Conselho

Fogo de ConselhoMatérias sobre os escoteiros por Lawrence Borges

11/08/2019 06h00
Por: Redação

Encerrou nesta quinta-feira, dia 1º de agosto, em West Virginia, nos Estado Unidos, o 24º Jamboree Mundial Escoteiro. Esta é a maior atividade escoteira realizada pelo Movimento Escoteiro em 112 anos de história. Participaram ao total 45 mil participantes de mais de 150 países, o Brasil teve o quarto maior contingente com 1.400 pessoas.

A escoteira Sofia Siebiger, de Flores da Cunha, foi uma das participantes que integraram as tropas brasileiras no Jamboree. Os escoteiros participaram de dezenas de atividades de aventura ao ar livre como rafting, arvorismo, escalada, mountain bike e trilhas. O intercâmbio cultural também foi importante com a realização de um dia festivo inteiro para apresentação da cultura brasileira com refeições típicas compartilhado com escoteiros de outros países, além de brigadeiro, chimarrão, rapadura e festa junina.

Um dos destaques, segundo Sofia foi participar de atividades de formação pessoal junto com outras organizações, como a Organização das Nações Unidas – ONU, e conhecer a realidade de adolescentes ao redor do mundo e a maneira como o escotismo influência em suas vidas. “Assistimos um vídeo sobre os refugiados sírios e debatemos com escoteiros de outros países sobre como era a realidade de cada um. Conversei com um escoteiro da Inglaterra e falamos sobre essas diferenças e me emocionei muito quando ele me disse que dependia de nós mudar essa realidade e fazer a diferença. Isso mexeu muito comigo pois me fez perceber que somos mais de 50 milhões de escoteiros no mundo e que estivemos reunidos nesse acampamento com o único objetivo de fazer um mundo melhor. Essa experiência aqui foi muito além de acampar e conhecer outras pessoas, é sobre compartilhar amor”, contou Sofia. 

A cerimônia de abertura do Jamboree realizada em 22 de julho contou com a participação do Embaixador Mundial do Movimento Escoteiro, o apresentador de TV britânico Bear Grylls, que inspirou a todos os participantes com seu discurso sobre como os escoteiros estão mudando a sociedade. “Temos a obrigação de ensinar valores para a juventude para que eles amem o nosso planeta, respeitem ao próximo, confiem em suas habilidades e vivam suas vidas com muita alegria”, disse Grylls.

Além de ser uma experiência única para os jovens, o Jamboree Escoteiro também foi uma grande oportunidade para que os voluntários do Movimento Escoteiro vivessem momentos marcantes em suas vidas. Assim como para os jovens, os adultos também tiveram a oportunidade de aprender novas habilidades, fazer novas amizades e desenvolver seu crescimento pessoal em um ambiente de intercâmbio cultural e contato internacional.

Rômulo Faustino da Silva, de Estância Velha, foi um dos 127 voluntários brasileiros que participaram do evento acompanhando os jovens durante os doze dias de atividade. Escoteiro desde 1993 esse foi o primeiro acampamento mundial que participa. Rômulo conta que desde 1995, quando participou de um Jamboree Panamericano cogitava a possibilidade de participar de um evento em nível mundial. “Foram muitos sacrifícios, uma grande economia feita durante os últimos anos, mas agora 24 anos depois finalmente estou participando de um Jamboree Mundial,”, contou o voluntário.

O Jamboree também é fruto de um trabalho de mais de dois anos em que os jovens realizaram a venda de distintivos escoteiros que auxiliaram no planejamento financeiro da viagem. Segundo Rômulo a experiência foi sido fantástica e a oportunidade de acompanhar quatro jovens do seu Grupo no acampamento tornou tudo ainda mais especial, “Eu lamento que tudo passe tão rápido, para os jovens parece que a ficha ainda não caiu que viveram tudo isso nos últimos dias. Eles trabalharam muito vendendo os distintivos nos últimos meses e mostraram que é possível se organizar para participar de um acampamento grande como esse. Espero que a ação deles inspire outros jovens a buscar participar também de um Jamboree Mundial”, disse Rômulo.

Ao final do evento o Secretário Geral da Organização Mundial do Movimento Escoteiro, Ahmad Alhendawi, subiu ao palco e convocou a todos os escoteiros para levarem os ensinamentos do Jamboree Mundial de volta para os seus países de origem. “Os escoteiros construíram uma grande cidade fundada na unidade e compreensão. Vocês realmente deram o exemplo de como o mundo lá fora deveria ser”, discursou Ahmad. O ex-Secretário Geral da ONU, Ban Ki-moon, também subiu ao palco e convidou a todos os escoteiros para o próximo acampamento mundial que será realizado em 2023 na Coréia do Sul. Ban Ki-moon encerrou o Jamboree lembrando a todos os presentes o papel de liderança e a responsabilidade diária de construir um mundo melhor, em especial com a promoção da paz e o desenvolvimento sustentável, “não temos um plano B porque não temos um planeta B”.

 

Sobre o Jamboree Mundial Escoteiro - O Jamboree Mundial é o maior acampamento do Movimento Escoteiro e acontece a cada quatro anos em um país diferente. A reserva onde o acampamento aconteceu tem mais de 4,000 hectares de área em meio à natureza. São mais de 150 países de todo o mundo representados por mais de 36.000 jovens e 9.000 voluntários. Esta é a 24° edição do acampamento mundial, que aconteceu pela primeira vez em Londres, na Inglaterra, em 1920, há quase um século.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias