PMU
Thiago Mariscal

Thiago Mariscal vai responder por crime contra o prefeito

Thiago Mariscal vai responder por crime contra o prefeito

10/08/2019 06h00
Por: Redação
A ocorrência foi lavrada pelo procurador geral do Município, Paulo Salge
A ocorrência foi lavrada pelo procurador geral do Município, Paulo Salge

Ante a gravidade de publicação do vereador Thiago Mariscal dos Santos nas redes sociais ontem, ultrapassando os limites da liberdade de expressão ou o exercício de seu ofício como parlamentar, e atingindo a seara criminal, o prefeito Paulo Piau registrou ocorrência junto à Polícia Civil por ameaça consumada e deve representar contra o autor a fim de que o crime seja alvo de ação penal no Judiciário. 

A ocorrência foi lavrada pelo procurador geral do Município, Paulo Salge na condição de representante legal do Município e do prefeito (considerando que o conteúdo se inter-relaciona com questões de interesse público). O crime de ameaça é previsto no artigo 147 do Código Penal e consiste no ato de ameaçar alguém, por palavras, gestos ou outros meios, de lhe causar mal injusto e grave e, como punição, a lei determina detenção de um a seis meses ou multa. Ao reds foi incorporada à redução a termo das manifestações do vereador e anexado print de sua publicação no Facebook.

Na publicação, sob o título “eu vou cobrar esta vida!”, o autor ao tratar de questão relativa à paciente internada na UPA Benedito, ignorando todos os protocolos oficiais e competências das diversas esferas da saúde pública, passa a desferir ameaças graves contra Piau.

Chega a colocar em tom intimidatório: “Não vou cobrar mais em Plenário da Câmara e redes sociais”. “Estou no caminho para Romaria e já estou rezando! ...podem ter certeza, vou achar o prefeito Paulo Piau onde ele estiver quando eu chegar em Uberaba. Mas é em qualquer lugar, mesmooo! (sic). Pode ter filho dele por perto, Edilberto, Rodrigo Grilo, Denis Silva, Fernando Hueb, Toninho, Luiz Neto, Iraci, segurança particular, segurança público. Tô me lixando pra voto, pra eleição, pra candidatura e muito menos pra processo”.

Além das ameaças, o autor também lança acusações graves relativas à aplicação de recursos da Saúde.

A reportagem do JORNAL DE UBERABA tentou contato com o vereador Thiago Mariscal no início da noite de ontem, mas não teve êxito.

 

Paciente já foi transferida para o Hospital Regional

A saúde Pública no País funciona através do Sistema Único, o SUS, onde cada esfera tem preconizadas suas competências. Casos de internações hospitalares são inseridos no SusFácil para a captura de leito.

À rede municipal cabe indicar a internação, inserir a paciente no Susfácil, solicitando leito para internação.  Nada mais é de competência ou pode ser feito pelo Município, segundo os protocolos do Sistema Único de Saúde.

A Secretaria Municipal da Saúde informa que a Senhora Leontina Pereira, atendida na UPA São Benedito, foi inserida no Sistema (busca pelo leito) na quarta-feira passada (dia 7). A vaga foi liberada esta tarde (sexta-feira, dia 9) para o Hospital Regional.

A paciente, na UPA, recebeu todos os cuidados necessários para sua estabilidade. O seu quadro é estável, segundo boletim médico.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias