Produtores de queijo

Produtores de queijo artesanal exigem regulamentação

Produtores de queijo artesanal exigem regulamentação

10/08/2019 06h00
Por: Redação

Os queijos artesanais, alimentos facilmente encontrados na mesa do mineiro e que têm conquistado apreciadores exigentes mundo afora, ainda dependem da regulamentação da Lei 23.157, de 2018, para que sua comercialização seja possível fora das fronteiras do Estado. Durante a abertura da primeira edição do Mundial do Queijo do Brasil, promovida em Araxá (Alto Paranaíba), na quinta-feira (8), parlamentares da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) se juntaram aos produtores para celebrar o reconhecimento internacional dos queijos produzidos em território mineiro e se comprometeram a atuar em prol da formalização dos regulamentos. De acordo com a lei, cabe ao Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) a responsabilidade por regulamentar tipos de queijos artesanais, habilitar queijarias, entrepostos e estabelecimentos rurais, inspecionar, fiscalizar e editar normas complementares. Mas, atualmente, apenas o queijo tipo Minas Artesanal de Casca Lavada passou por todos os procedimentos previstos e se encontra regulamentado.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias