Futebol

Galo enfrenta uma verdadeira maratona de viagem e jogos

O alvinegro trabalhou sem a presença da imprensa, e os jogadores foram logo liberados após o treinamento pela manhã

12/02/2020 06h00
Por: Redação

Nos últimos dias, o Atlético-MG teve que conviver com desgaste de viagens (Argentina e Patos de Minas) e também mudanças na programação original. A delegação do Galo, líder do Campeonato Mineiro após vencer a URT no domingo, voltou a Belo Horizonte na manhã desta segunda-feira e foi direto para o CT treinar.

O técnico Rafael Dudamel, entretanto, observou apenas um trabalho regenerativo dos atletas na academia, com algumas figuras que não atuaram no Zama Maciel trabalhando com bola. Entre eles, o recém-chegado Jefferson Savarino, que ainda aguarda a presença no BID para poder atuar.

O alvinegro trabalhou sem a presença da imprensa, e os jogadores foram logo liberados após o treinamento pela manhã. Nesta terça-feira, o grupo voltou aos trabalhos em treino à tarde, quando esteve agendada a apresentação oficial do reforço venezuelano. Ainda na terça, às 20h50, o Atlético embarcou para Campina Grande, na Paraíba.

Hoje, às 21h30, a equipe estreia na Copa do Brasil, diante do Campinense, precisando ao menos do empate para passar de fase. O jogo vale R$ 1,3 milhão de premiação para o Galo (que já garantiu R$ 1,1 milhão logo de cara), caso avance. O Atlético não terá Cazares, Blanco, Maicon Bolt e Bruno Silva, todos no DM. Guga estava na seleção olímpica que se classificou para a Olimpíada de Tóquio no domingo e deve ficar fora.