Prefeitura - Carnaval
Política

Vereador Alan Carlos apresenta projeto sobre Saúde Mental

A Semana Municipal da Saúde Mental, se aprovada, deverá ser realizada anualmente na semana do dia 10 de outubro

12/02/2020 06h00
Por: Redação
95
Vereador Alan Carlos lembra que PL visa a criação da Semana da Saúde Mental em Uberaba - Foto: Rodrigo Garcia/CMU
Vereador Alan Carlos lembra que PL visa a criação da Semana da Saúde Mental em Uberaba - Foto: Rodrigo Garcia/CMU

A Câmara Municipal de Uberaba (CMU) irá votar, na sessão de ontem, o Projeto de Lei 45/2019, de autoria do vereador Alan Carlos. Trata-se de uma demanda que visa a criação da Semana da Saúde Mental no município de Uberaba. 

A Semana Municipal da Saúde Mental, se aprovada, deverá ser realizada anualmente na semana do dia 10 de outubro, quando se comemora o Dia Mundial da Saúde Mental.

Para o vereador, discutir a saúde mental com a população é mais que uma obrigação, haja visto que os transtornos psicológicos estão cada vez mais presentes no cotidiano das pessoas.

“Esse projeto tem o objetivo de conscientizar os adultos, crianças e jovens de Uberaba sobre a importância do diagnóstico profissional e do tratamento adequado às doenças mentais. Existe, diante do exposto, a necessidade urgente de se fazer um trabalho conjunto onde a Saúde, a Escola e a Sociedade estejam unidas com o objetivo de salvar a vida dessas pessoas que muitas vezes não estão diagnosticadas ou não sabem como conviver com alguém que possui o diagnóstico”, explicou o parlamentar. 

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Atlas da Saúde Mental, divulgado em 2014, uma a cada 10 pessoas sofre de doença de saúde mental no mundo. Apesar do grande número de pessoas que necessitam de atendimento psicológico e psiquiátrico, a utilização destes serviços ainda é um tabu entre os brasileiros, o que intensifica o fenômeno do subdiagnóstico, que como o nome sugere, é quando doença não é diagnosticada por um profissional e consequentemente não recebe o tratamento adequado. 

O Projeto de Lei, apresentado pelo vereador Alan Carlos, será votado em maioria simples, ou seja, metade + 1 dos vereadores presentes precisam votar a favor da proposição para aprovação do PL.   

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.