Prefeitura - Carnaval
Coluna

Lawrence Borges

Bastidores

Bastidores

BastidoresBastidores por Lawrence Borges

12/02/2020 06h00
Por: Redação
386
Coordenador das casas da amizade Genésio Pereira de Moraes e a governadora Eliana Melo Machado Moraes do Distrito 4770 serão homenageados pela Câmara Municipal - Foto: Divulgação
Coordenador das casas da amizade Genésio Pereira de Moraes e a governadora Eliana Melo Machado Moraes do Distrito 4770 serão homenageados pela Câmara Municipal - Foto: Divulgação

HOMENAGEM AO ROTARY

A Câmara Municipal de Uberaba fará solenidade no dia 18/02, às 19h30, para entregar homenagem ao serviço rotário municipal, dentro dos homenageados Silvania Correa Veloso, do Rotary Club Uberaba Portal do Cerrado, Sergio Pacifico Soares Rosa, do Rotary Club Uberaba, Isabela Correa da Silva, do Rotaract Club de Uberaba, Mariângela Soares Ferreira Rosa, da Casa da Amizade do Rotary Club Uberaba e muitos outros rotarianos e damas da casa da amizade.

 

MINHA CASA, MINHA VIDA

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disse ontem, que negocia com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, um cronograma para a liberação de recursos do Minha Casa, Minha Vida em 2020.

 

PAGANDO DÍVIDA

O Orçamento deste ano prevê R$ 2,7 bilhões para honrar a continuidade de obras já contratadas pelo programa habitacional. No entanto, o setor da construção civil reclama da falta de previsibilidade. 

 

CONSTRUTORES QUEBRARAM

No ano passado, os desembolsos foram suspensos devido à queda na arrecadação federal. Inúmeras construtoras foram a falência, por não receberem os valores devidos e já desembolsados.

 

EM UBERABA

O conjunto Alfredo Freire IV que a construtora abandonou a obra, causando frustração aos selecionados, e a construtora vencedora da nova Licitação não avança por falta de pagamento, no Girassóis III e IV a construtora tenta finalizar as obras e entregar a última etapa.

 

HERÓIS DA RESISTÊNCIA

Os heróis da internet atribuem a não entrega das casas ao prefeito Paulo Piau (MDB) viralizando reclamações, vídeos e críticas, sem explicar o que tá acontecendo de verdade. A ações realizadas pelo Prefeito em conjunto com o Ministério Público Federal e Estadual, estão viabilizando a entrega dos imóveis.

 

CASOS DE DENGUE

Uberaba, com 287 casos prováveis de dengue, tem a segunda maior quantidade das áreas. São 138 novos casos no município, que apresentava 149 casos no último boletim divulgado. A cidade também está com incidência baixa. Sobre a febre chikungunya, foram registrados três casos prováveis em Uberaba e um provável de zika.

 

QUEDA DA POPULARIDADE

Em meio a crises envolvendo o ministro da Justiça, Sérgio Moro, o ex-secretário de Cultura Roberto Alvim e a demissão de um auxiliar por uso de um jato da Força Aérea Brasileira (FAB), o presidente Jair Bolsonaro viu seu desempenho nas redes sociais piorar em janeiro, destaca o jornal O Estado de S. Paulo. Monitoramento da imagem do presidente realizado pela empresa AP Exata aponta tendência de queda na popularidade de Bolsonaro nos primeiros dias do ano.

 

CONTRAPONTO

Por outro lado, o presidente Jair Bolsonaro é o terceiro chefe de governo mais popular do mundo nas redes sociais. O mandatário brasileiro fica atrás apenas de Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, e do presidente dos EUA, Donald Trump. É o que aponta o Índice de Popularidade Digital (IPD), elaborado pela consultoria Quaest a pedido do jornal O Estado de S. Paulo. A exemplo do presidente norte-americano, Bolsonaro utiliza as redes sociais para comunicar atos de governo, atacar adversários e criticar a imprensa.

 

TRANSFORMA MINAS

O Governo de Minas abriu, ontem, inscrições para uma vaga de chefe da Unidade de Atendimento em Recursos Humanos, da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). Os interessados devem se candidatar por meio do Transforma Minas até o dia 28 de fevereiro, às 11h59, conforme horário de Brasília. A remuneração é de R$ 5.610,00, além de benefícios, como auxílio-refeição de R$ 47 por dia útil trabalhado. 

 

PRIVILÉGIO DA SEGURANÇA

O secretário de Planejamento e Gestão (Seplag) de Minas, Otto Levy, enviou ao Plenário da Assembleia Legislativa, ontem, um ofício informando que o impacto financeiro do polêmico PL 1.451/20, que propõe recomposição salarial para as forças de segurança do Estado, deve chegar a R$ 917 milhões, até o fim de 2022.

 

POLÊMICA

O projeto de lei sobre a recomposição salarial para a área da Segurança passou, também nesta terça-feira, por duas comissões do Legislativo - procedimento padrão antes que qualquer matéria vá a Plenário. Em ambas, houve debates acalorados, com críticas de alguns parlamentares e do público, presente às reuniões, relativas a um suposto tratamento diferenciado do governo estadual. A alegação é de que a gestão estaria privilegiando os servidores da segurança em detrimento de outras categorias, como a dos funcionários da saúde e da educação.

 

CRÍTICAS DE MAIA

Na semana passada, até o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), opinou de forma crítica sobre o projeto do governo Zema referente à recomposição de apenas parte do funcionalismo, com parcelas pré-definidas até 2022. O parlamentar disse que, se a medida fosse adiante, o Estado estaria comprometendo suas finanças e teria dificuldades para integrar-se ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), do governo federal - uma das prioridades do atual governador mineiro.

 

AZEREDO CONDENADO

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve a condenação do ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro no chamado Mensalão Tucano. A pena, contudo, foi reduzida em quase cinco anos. A decisão é desta terça-feira (11) e por unanimidade. A Quinta Turma do STJ entendeu que a condenação está amparada em provas documentais e periciais obtidas a partir de afastamento de sigilo bancário e, ainda, de provas orais colhidas no curso da instrução criminal.

 

BRASIL E PARAGUAI

O Brasil e o Paraguai assinaram, ontem, o acordo de livre comércio automotivo. Pelo acordo, as peças e os veículos vendidos pelos dois países terão tarifas mínimas ou zeradas, mas o intervalo para o livre comércio variará entre os dois países.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.