Futebol

Cruzeiro inicia Copa do Brasil sob nova ótica

O clube é o maior vencedor do torneio, com seis conquistas

13/02/2020 06h00
Por: Redação
Edilson, lateral-direito do Cruzeiro - Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Edilson, lateral-direito do Cruzeiro - Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Rei de Copas é um dos apelidos que o Cruzeiro construiu nos seus 99 anos de história. E boa parte desse reconhecimento está ligado às conquistas da Copa do Brasil. O clube é o maior vencedor do torneio, com seis conquistas. Mas, em 2020, iniciará a competição sob uma ótica completamente diferente.

Nos dois últimos anos, o Cruzeiro iniciou a disputa nas oitavas de final (por estar na Libertadores) e na condição de defesa dos títulos conquistados em 2017 e 2018. Agora, terá de “remar” desde o começo. A estreia será contra o São Raimundo-RR, hoje, às 21h30, fora de casa, pela primeira fase da competição.

Edilson é um dos mais experientes do elenco do Cruzeiro, com 33 anos, e venceu duas das últimas quatro edições da Copa do Brasil. Para ele, o importante no momento é o time celeste ir ganhando corpo e experiência para, se chegar às oitavas de final, poder pensar maior.

- A gente começa a competição com os pés no chão, sabendo que são várias etapas. São quatro etapas até chegar às oitavas. Nisso, a gente pode ir ganhando corpo, ganhando experiência durante a competição. A gente pode errar, mas são jogos que temos que passar. Que a gente possa ir criando corpo jogo a jogo. É difícil dizer onde a gente vai chegar, mas acredito que nosso grupo tem muito a crescer. (...)

“Se a gente chegar às oitavas, tenho certeza que vamos estar mais encorpados e podemos pensar em outra coisa”

João Lucas também está entre os mais experientes do jovem elenco cruzeirense, com 28 anos. Apesar da reconstrução do Cruzeiro, ele diz que o elenco pensa em “coisas boas” na Copa do Brasil.

- É um momento de reconstrução, a torcida está tendo paciência, mas a gente tem pensamento grande e vai lutar por muitas coisas boas. Lógico que é um passo de cada vez, vamos buscar a classificação com muito respeito, mas nos impondo (sobre o São Raimundo). O Cruzeiro tem uma camisa forte e vamos fazer por merecer (a classificação).