Coluna

Lawrence Borges

Bastidores

Bastidores

BastidoresBastidores por Lawrence Borges

13/02/2020 06h00
Por: Redação
Senador Antonio Anastasia filia ao PSD = Foto: Divulgação
Senador Antonio Anastasia filia ao PSD = Foto: Divulgação

CASA NOVA

A filiação do senador Antonio Anastasia ao PSD coloca o partido como primeira força em Minas Gerais, em ano eleitoral, e também garante maior fôlego à legenda nas eleições para a presidência do Senado, em 2021. O PSD já conta com dez das 81 cadeiras da casa legislativa e vê a possibilidade de incorporar outros três parlamentares ainda neste primeiro semestre.

 

PSD DE PORTAS ABERTAS

Para o senador Carlos Viana, a migração de Anastasia do PSDB para o PSD pode abrir as portas da legenda para prefeitos e deputados tucanos, além de representar reforço, por exemplo, na articulação do chefe do Executivo da capital e agora correligionário Alexandre Kalil, que deve tentar a reeleição.

 

ACORDO DE CAVALEIROS

Opositores ao prefeito Paulo Piau (MDB) fecharam acordo para caminharem juntos nas próximas eleições, Solidariedade comandado pelo empresário Eduardo Palmério, Cidadania pelo empresário Irizon Arantes e PSB coordenado pelo vereador Kaká Carneiro.

 

CANDIDATOS

O Cidadania trará como pré-candidato a prefeito, o empresário Samir Cecílio, já o PSB com o vereador Kaká Carneiro, e o Solidariedade promete surpreender com uma carta na manga. 

 

PORTAS ABERTAS

Informantes da coluna BASTIDORES declararam que o bloco de oposição está aberto a agregar outras legendas de oposição a administração municipal para fortalecer o projeto de mudança do comando da Prefeitura.

 

PROPORCIONAL

O Solidariedade busca arregimentar pré-candidatos para eleger três representantes na Câmara Municipal, consolidando o partido como uma nova força política no município.

 

RESOLVENDO

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos iniciou as obras da rotatória da avenida Maria Rodrigues Cunha Rezende com avenida Jovita Pinheiro, as obras de drenagem vão eliminar os constantes buracos na via de forma definitiva.

 

NOVA AVENIDA

Somado as obras de drenagem da via, o prefeito Paulo Piau (MDB) com Toninho Oliveira pretendem entregar a comunidade do Estrela da Vitória, Ozanan e Planalto a avenida Maria Rodrigues Cunha Rezende totalmente repaginada e iluminada, ainda no primeiro semestre.

 

REINTEGRAÇÃO DE POSSE

A reintegração de posse de parte da área do Estrela da Vitória já foi determinada pela Justiça, advogado dos proprietários, vem a mais de um ano tentando viabilizar acordo com o município para evitar a remoção de mais de 100 moradores, a paciência dos proprietários está chegando ao fim.

 

DATA CONFIRMADA

Segundo informações passadas à coluna BASTIDORES o objetivo é cumprir o mandado de reintegração de posse na data do aniversário da cidade, para trazer desgaste político ao prefeito Paulo Piau (MDB) e ao presidente da Cohagra Marcos Jammal.

 

REPRISE

O vereador Thiago Mariscal (MDB) em sua saga épica compareceu novamente na Zoonoses com a alegação de encontrar mais remédios vencidos e escondidos. Contudo, foi identificado que os remédios eram restos da primeira denuncia que não foram retirados e deixados para trás. Segundo informações a primeira denúncia já foi arquivada.

 

CONVITE ACEITO

O presidente da ABCZ, Rivaldo Machado Borges Júnior, esteve ontem em Belo Horizonte para entregar oficialmente ao governador Romeu Zema e à Secretária de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ana Maria Soares Valentini o convite para participação na ExpoZebu. Na reunião no Centro Administrativo, eles confirmaram que participarão no evento. 

 

EM BUSCA DE APOIO

O presidente Jair Bolsonaro reuniu ontem a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), para um café da manhã no Palácio do Planalto, e pediu apoio ao projeto de lei (PL) do governo que regulamenta a exploração de atividades econômicas em terras indígenas. De acordo com o coordenador da FPA, deputado Alceu Moreira (MDB-RS), o encontro serviu de aproximação entre o Executivo e os parlamentares para a articulação de matérias de interesse.

 

MORO FAZ CAMPANHA

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, voltou a defender, ontem, a execução da pena após decisão em segunda instância. Moro foi convidado a falar na comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 199/2019, que estabelece o trânsito em julgado da ação penal após o julgamento em segunda instância, extinguindo os recursos aos tribunais superiores.

 

ONYX FORA

O presidente Jair Bolsonaro convidou o general Walter Braga Netto, que comandou a intervenção no Rio de Janeiro em 2018, para o cargo de ministro da Casa Civil. Ele substituirá Onyx Lorenzoni, que deverá ser deslocado para o Ministério da Cidadania, hoje comandado por Osmar Terra.