Cidade

Fundação Cultural realiza “Cultura e Arte nas Escolas”

Dentre os temas abordados estão o mercado de trabalho, política, preconceito, diversidade, combate às drogas

14/02/2020 06h00
Por: Redação
Segundo o arte educador Cairo Damasceno, o Toi, o Rap transmite valores morais que fortalecem a criação de nova ordem social - Foto: Divulgação/PMU
Segundo o arte educador Cairo Damasceno, o Toi, o Rap transmite valores morais que fortalecem a criação de nova ordem social - Foto: Divulgação/PMU

A Fundação Cultural Uberaba está desenvolvendo um novo projeto de cultura, onde as instituições de ensino serão beneficiadas: o projeto “Cultura e Arte nas Escolas”. O objetivo é levar a cultura do Hip Hop para as instituições de ensino da rede pública, através de palestras motivacionais, como forma de construir conscientização e empoderamento da juventude.

Dentre os temas abordados estão o mercado de trabalho, política, preconceito, diversidade, combate às drogas, criminalidade, entre outros. De acordo com o arte educador Cairo Damasceno, o Toi, o Rap transmite valores morais que fortalecem a criação de nova ordem social. “Utilizamos uma linguagem presente em seu cotidiano a fim de possibilitar a identificação com o meio onde atua. O movimento Hip Hop permite compreender que a periferia precisa ser olhada pela sociedade não como um lugar onde pessoas se encontram em situação de abandono e sim, como um lugar de grandes talentos, que lutam para serem notados e transformar a comunidade e as pessoas ao seu entorno”, afirma.

O projeto acontece uma vez por semana nas escolas públicas, onde se encontra o público alvo: crianças e adolescentes entre 11 a 17 anos. Ainda de acordo com Toi, o projeto tem função social. “Ele passa a representar a voz de uma população altamente marginalizada. O movimento do Hip Hop na cidade vem formando identidades de militância e consciência crítica dentro da sociedade”, garante.  

A primeira instituição de ensino atendida com o ‘Cultura e Arte nas Escolas’ em 2020 foi a Escola Professora Esther Limírio Brigagão no Residencial 2000. As palestras motivacionais acontecem com metodologia lúdica, utilizando a música rap, a arte do improviso, interagindo com os alunos sobre temas da comunidade, com turma em média de 40 alunos, com duração de 60 minutos, com a participação de outros artistas convidados.

A instituição de ensino que queira receber o projeto, pode entrar em contato com a Fundação Cultural de Uberaba na Praça Rui Barbosa, 356, Centro e falar com Toi.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários