14°C 28°C
Uberaba, MG
Publicidade

Memorial Chico Xavier pode ser reaberto na data do falecimento do médium

Memorial Chico Xavier pode ser reaberto na data do falecimento do médium

03/04/2024 às 04h00
Por: Redação
Compartilhe:
Celebração do aniversário do médium Chico Xavier marcou o final da primeira etapa da reforma
Celebração do aniversário do médium Chico Xavier marcou o final da primeira etapa da reforma

Maria das Graças Salvador

Nesta terça-feira, 2, foi o aniversário do 114º aniversário do nascimento do médium Chico Xavier e para celebrar a data foi realizada uma homenagem no Memorial Chico Xavier. A homenagem contou com a participação da Orquestra Municipal de Uberaba, sob a batuta do maestro Eliezer Tiago, que tocou repertório especial, com a participação do solista Ádler Bragança. Entre as peças selecionadas para homenagear o médium, estavam "Cantiga de Nossa Senhora", de Hekel Tavares, e "Hi Lili, Hi Lo", de Bronislaw Kaper e Helen Deutsch. O evento é uma realização da Prefeitura de Uberaba, através da Fundação Cultural. 
Durante o evento foram apresentadas as expectativas para a reabertura do Memorial, mostrado o processo em que está e o motivo de ainda não estar aberto ao público. “Explicamos que neste processo de qualificação do Memorial são duas etapas. A primeira é a reforma predial, que foi concluída justamente ontem, no dia do aniversário de Chico. Nesta fase são de obras civis estruturais no prédio, pintura, telhado, calçamento, parte de acessibilidade física para cadeira, com uma série de adaptações que foram feitas, além de correções nas iluminações externas, spot, porque estavam todos queimados, enfim é esse apanhado de obras civis para que o prédio possa funcionar normalmente, porque estava com vários problemas estruturais”, diz o museólogo Carlos Vitor Silveira, Gestor de Projetos de Museus, coordenador do Memorial Chico Xavier e chefe do Departamento de Museus da Fundação Cultural de Uberaba. 
Ele lembra com esta chamada primeira etapa concluída vai passar para a segunda etapa, que é montar as exposições. “São os projetos que foram aprovados na Lei Rouanet, onde a gente captou cerca de 70% dos recursos mais de 70% de recurso próprio. Somente quando esta etapa estiver concluída, com a montagem das exposições, com a montagem de biblioteca a disposições e que vamos abrir espaço ao público”, revela Carlos Vitor.
O museólogo explica que a expectativa é que a conclusão dessa segunda etapa seja no dia 30 de junho, data do falecimento do Chico Xavier. “Toda a equipe está abraçando esta data. São muitas frentes de trabalho para que a gente consiga entregar o Memorial nessa data, mas lembrando que é uma estimativa. Pode ser que não aconteça, o prazo pode ser estendido, pois é um projeto muito complexo. São várias equipes trabalhando, muitos defeitos da estrutura anterior, e por isso pode ter algum atraso. Mas a ideia é todo mundo trabalhando muito para conseguirmos entregar o Memorial estruturado no dia 30 de julho, ou seja, daqui três meses”, finaliza o coordenador do Memorial Chico Xavier.

Lar André Luiz – A data do aniversário do médium Chico Xavier serviu também para aguçar a solidariedade nas pessoas, para apoiar o Lar André Luiz de Uberaba, cujo um dos fundadores foi Chico Xavier. É uma instituição de longa permanência para idosos necessitados e está precisando com urgência de ajuda financeira para não fechar suas portas. O problema é que a instituição está parcialmente interditada até fazer as modificações que a vigilância sanitária pediu. Assim, o Lar não pode receber mais idosos por precisar de reforma e para manter os profissionais. Quem puder contribuir pode fazer via Pix usando a chave: [email protected].

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias