Prefeitura- coronavírus
Legislativo

Câmara aprova criação de Memorial do Esporte

Medina lembrou que o primeiro gol no Uberabão foi do craque e campeão mundial Roberto Rivelino

18/02/2020 06h00
Por: Redação
Presidente da Funel, Luiz Alberto Medina acompanhou a aprovação do Memorial do Esporte - Foto: Rodrigo Garcia/CMU
Presidente da Funel, Luiz Alberto Medina acompanhou a aprovação do Memorial do Esporte - Foto: Rodrigo Garcia/CMU

A proposta de criação de um Memorial do Esporte foi aprovada pela Câmara Municipal de Uberaba ontem. O projeto foi elaborado pela Fundação Municipal de Esporte (Funel) e Fundação Cultural de Uberaba (FCU).

O presidente da Funel, Luiz Alberto Medina, e a especialista em serviços públicos do Departamento de Projetos da Fundação, Jéssica de Fátima Xavier Santos, estiveram no Plenário para a votação. O líder do governo, vereador Rubério dos Santos (MDB), explicou que será utilizada a estrutura do estádio Uberabão, para a criação do Memorial, o qual será destinado a todos os seguimentos esportivos. 

O vereador Alan Carlos da Silva (Patri) disse que fica feliz de participar da criação deste museu, como profissional de educação física há 33 anos. Segundo ele, a cidade tem muita história, entre várias modalidades, atletas que representaram e representam Uberaba com profissionalismo e respeito. “Eu vivo, respiro e acredito no esporte, é a melhor forma de transformação social, especialmente para crianças e adolescentes”, afirmou Alan Carlos, que foi o primeiro profissional de educação física eleito vereador na cidade. 

Para o vereador Almir Silva (PL), “quem não tem memória não tem história”, destacando que tem coisas memoráveis na cidade para mostrar para quem está vindo agora. 

O presidente Ismar Marão (PSD) parabenizou os envolvidos no projeto. “É preciso um nome que tenha uma diversidade esportiva na cidade, com responsabilidade, que represente todas as modalidades esportivas”, alertou Marão sobre o nome que será escolhido para o Memorial. 

De acordo com o presidente da Funel, a maior parte dos profissionais que trabalham hoje na Fundação são profissionais de Educação Física. Medina explicou que o projeto é o resultado de um trabalho longo e difícil. “A história do esporte na cidade é muito rica e certamente sempre será alimentada com novas informações”, afirmou.

Medina lembrou que o primeiro gol no Uberabão foi do craque e campeão mundial Roberto Rivelino, que inclusive está convidado para a inauguração, como parte das comemorações do bicentenário da cidade. 

O Estádio Engenheiro João Guido, o Uberabão, foi inaugurado no dia 10 de junho de 1972 e vai passar por uma reforma, com as adaptações necessárias para a instalação do Memorial. A estrutura física prevê recepção, uma linha do tempo (com a história dos esportes no município contada por décadas), um hall de exposições temporárias, sala audiovisual, sala de premiações, área de jogos, sala de compilação e arquivo, loja de departamento esportivo e lanchonete. 

Serão utilizados recursos próprios da Funel para a criação do museu. Com a aprovação do projeto pela Câmara, agora o mesmo segue para a sansão do prefeito Paulo Piau.