Prefeitura- coronavírus
Mosaic
Polícia

Uberabense acusado de estuprar a própria filha é preso em Água Comprida pela PM

A mãe da menina de 5 anos relatou aos policiais que a filha estava reclamando de dores nas partes íntimas

19/02/2020 06h00
Por: Juliano Carlos
Acusado foi detido após serem constatadas lesões na vítima - Foto ilustrativa
Acusado foi detido após serem constatadas lesões na vítima - Foto ilustrativa

Uberabense de 35 anos foi preso pela Polícia Militar acusado de estuprar a própria filha na cidade vizinha de Água Comprida. A menina foi encaminhada para atendimento médico no município, onde foram constatadas as lesões nas partes íntimas. 

Segundo informações que constam no boletim de ocorrência, a mãe da menina de 5 anos relatou aos policiais que a filha estava reclamando de dores nas partes íntimas. Ela decidiu levá-la juntamente com o pai até o posto de saúde na avenida 28 na área central. No local a menina contou para a equipe médica juntamente com a mãe e o genitor, que estava sendo abusada sexualmente pelo pai há algum tempo e que não gostava desse tipo de brincadeiras (como ele falava), mas ele não parava.

A equipe médica acionou a Polícia Militar (via 190) e os policiais acompanhados de conselheiras tutelares compareceram no local e a menina sustentou a mesma versão. Ela passou por exames e foram constatadas lesões nas partes íntimas. O pai identificado como E.R.O., de 35 anos, recebeu voz de prisão. Ao ser questionado, ele negou os fatos e disse que buscou a criança na escola, a levou para casa, ela ficou brincando na piscina e posteriormente alegou que estava com dores nas partes íntimas. O acusado disse ainda que levou até a mãe e os dois decidiram levá-la no hospital a criança. A menina e a   mãe foram encaminhadas para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) para fazer exames.

Já o acusado de estupro de vulnerável foi preso em flagrante e levado até a delegacia de Polícia Civil em Uberaba, onde teve a prisão confirmada pelo delegado de plantão Luis Tortamano. Na manhã de ontem ele foi encaminhado para a Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira onde permanece a disposição da Justiça.