Prefeitura- coronavírus
Política

Prefeito determina mudanças na Zoonoses

“Essa ação foi uma necessidade premente para o aprimoramento do serviço prestado à comunidade", disse Piau

22/02/2020 06h00
Por: Redação
Secretário da Saúde, Iraci de Souza Neto anuncia mudanças no Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias - Foto: Neto Talmeli
Secretário da Saúde, Iraci de Souza Neto anuncia mudanças no Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias - Foto: Neto Talmeli

O secretário da Saúde, Iraci de Souza Neto se reuniu com os servidores do Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias na manhã de ontem para anunciar que a partir do dia 26 de fevereiro assumirá, temporariamente, a chefia do departamento. Na reunião, o secretário informou também que outras mudanças ocorrerão nos próximos dias como instalações de portões eletrônicos, reformas, construção da unidade de saúde para animais, além de um novo organograma e mudanças no quadro de servidores do Departamento.

O secretário informou que as mudanças emergenciais da Zoonoses ocorreram por determinação do prefeito Paulo Piau. Uma série de acontecimentos nos últimos tempos e análises e estudos de dados e os seus resultados apresentados pela Secretaria foram determinantes. A sua nomeação, assim como a reestruturação do organograma e do quadro de servidores do Departamento serão publicados no Diário Oficial do Município de hoje.

 

Tratamento de choque - Paulo Piau explicou que a presença do secretário tem ‘o condão de reorganizar a Zoonoses’. “Essa ação foi uma necessidade premente para o aprimoramento do serviço prestado à comunidade e espero o mínimo de disciplina, de ordem e de organização naquele ambiente”, diz o prefeito. Piau continua dizendo que ali há grande concentração de servidores, seja da União, municipais contratados, efetivos e comissionados em desarmonia e sem comprometimento com a eficiência do trabalho.

“A medida de hoje é uma medida saneadora, tirando pessoas que não tem o menor comprometimento com a comunidade. É um tratamento de choque e se for preciso faremos mais mudanças”, ressalta o prefeito.

 “Toda decisão é tomada para melhorar o andamento e a prestação dos serviços públicos. Assim, acatamos e respeitamos a decisão e a diretriz do prefeito. A Secretaria elaborou medidas a título de sugestões. Uma delas foi que durante o período de vigência do Decreto de Situação de Risco Iminente devido às arboviroses transmitidas pelo Aedes aegypti, eu como secretário assumiria a chefia do departamento”, explica Iraci. Ele informa também que o período da sua coordenação será discutido com o prefeito posteriormente caso o decreto seja prorrogado. A previsão é de que o secretário permaneça de sessenta a noventa dias à frente do Departamento.

Atualmente a Zoonoses conta quase trezentos servidores municipais. Iraci Neto adiantou que será criada uma nova organização interna com o objetivo de melhorar condutas técnicas e disciplinares do Departamento. “Em breve teremos controles de acesso e um ordenamento melhor das atividades diárias internas. Foi criado um grupo de trabalho para acompanhar mais de perto uma série de agendas e situações que exijam maior controle”, declara. O secretário conclama a população a apoiar as ações da Zoonoses no combate às arboviroses.