15°C 29°C
Uberaba, MG
Publicidade

PM evita feminicídio no São Benedito e prende suspeito

PM evita feminicídio no São Benedito e prende suspeito

11/07/2024 às 04h00
Por: Redação
Compartilhe:
Faca usada no crime foi apreendida na residência – Foto: Divulgação
Faca usada no crime foi apreendida na residência – Foto: Divulgação

Policiais militares salvaram uma mulher que estava sendo brutalmente espancada e evitaram mais um femínicídio em Uberaba. O suspeito, que foi flagrado tentando matar companheira, foi detido.

O JORNAL DE UBERABA recebeu informações da Polícia Militar sobre o espancamento registrado na noite de terça-feira, 9, na rua Tenente Joaquim Rosa, no bairro São Benedito. Após várias solicitações de moradores da região que escutaram a vítima gritar por socorro e implorar para não ser morta e ligaram (via 190), as equipes do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) repassaram as informações para os militares do serviço operacional.

As equipes do 67º Batalhão de Polícia Militar (BPM) da 212ª Companhia chegaram rapidamente na residência, que fica nos fundos de outro imóvel e se depararam com o portão encostado. Ao entrarem, os militares foram atacados por um cão, mas com o uso de bastões conseguiram espantá-lo, entraram na casa e viram uma faca caída no chão. Eles seguiram para interior da casa, constataram sinais de desordem, quebradeira e ao chegar próximo ao banheiro, viram a vítima caída, tendo a cabeça pressionada no chão pelo marido, que estava sobre o corpo dela aplicando um golpe conhecido como “gravata”. A mulher já estava desfalecida e não tinha forças para gritar socorro.

Nesse momento os policiais ordenaram que o suspeito saísse de cima da vítima e se entregasse, mas ele reagiu e “partiu para cima” dos policiais tentando agredi-los com socos e chutes, mas foi contido.

As equipes conversaram com a vítima, e ela relatou que estava em casa, que o marido é usuário de entorpecentes, que já a agrediu por várias vezes, inclusive chegando a quebrar os dentes dela, mas que não o denunciou antes por medo de morrer. A mulher relatou, chorando, ainda que na noite de terça estava em casa quando suspeito fez uso de drogas, teve um surto, arregalou os olhões, pegou uma faca e disse que “iria matá-la, que iria cortar o pescoço dela e acabar com o sofrimento deles de uma vez por todas nessa vida, e que isso seria bom para ela”.

As equipes socorreram a mulher ferida, que foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro São Benedito. Já o acusado de lesão corporal foi preso em flagrante, levado até a delegacia de Polícia Civil e apresentado ao delegado de plantão. Ele teve a prisão ratificada, foi encaminhado para a penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira e permanece à disposição da Justiça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias