Mosaic
Prefeitura- coronavírus
Esporte

Tenistas classificados para as Olimpíadas podem estar definidos

O Brasil teria confirmados apenas representantes masculinos, com o uberabense João Menezes e a dupla Marcelo Melo e Bruno Soares

20/03/2020 06h00
Por: Redação
Uberabense João Menezes é o único garantido do Brasil na chave de simples - Foto: REUTERS/Ivan Alvarado
Uberabense João Menezes é o único garantido do Brasil na chave de simples - Foto: REUTERS/Ivan Alvarado

A paralisação na temporada de tênis até o dia 8 de junho por conta da pandemia pelo novo coronavírus deixou uma enorme dúvida entre os tenistas sobre a classificação para as Olimpíadas. Afinal, a data é a mesma que seria usada pelo Comitê Olímpico Internacional para definir os jogadores que estariam nos Jogos de Tóquio através dos rankings da ATP e da WTA. Porém, se nenhuma partida será realizada e a classificação está “congelada”, então já seria possível definir quem está qualificado.

A dúvida, no entanto, segue entre os tenistas. Afinal, nem a Federação Internacional de Tênis (ITF) nem o Comitê Olímpico Internacional (COI) se pronunciaram, até o momento, sobre possíveis mudanças no critério de classificação. Caso siga da mesma forma, o Brasil teria confirmados apenas representantes masculinos, com o uberabense João Menezes - medalha de ouro no Pan-Americano e dentro do top 300 - e a dupla formada por Marcelo Melo e Bruno Soares, esses dentro da faixa de qualificação pelo ranking.

O cenário atual acaba “prejudicando” outros dois postulantes brasileiros a vagas olímpicas na chave de simples masculina. Thiago Monteiro, 82º no ranking, e Thiago Wild, 114º, vinham em ascensão no circuito da ATP e, com poucos pontos a defender até junho, viam na temporada de saibro uma boa chance de escalar posições que o colocassem dentro da faixa de classificação. Porém, todos os torneios de terra batida foram cancelados, minando ainda mais as chances dos dois melhores do país na qualificação mundial.

Ainda assim, os dois seguem com chances de disputarem os Jogos Olímpicos, mas dependeriam de um cenário com um alto número de desistências de outros tenistas melhores ranqueados.