Prefeitura- coronavírus
Mosaic
Polícia

Corpo de Bombeiros recebe sugestões de nomes para novos filhotes do canil de Uberaba

Os participantes que tiverem sugerido os nomes mais votados vão ganhar brindes da corporação

22/03/2020 06h00
Por: Redação
Três animais da raça pastor belga malinois são treinados para integrar o grupo de busca e salvamento e vão substituir cães aposentados - Foto: Divulgação/Bombeiros
Três animais da raça pastor belga malinois são treinados para integrar o grupo de busca e salvamento e vão substituir cães aposentados - Foto: Divulgação/Bombeiros

Três filhotes de pastor belga de malinois vão reforçar o canil do 8º Batalhão de Bombeiros Militar (8º BBM) em Uberaba. Os animais vão fazer parte da equipe de Busca, Resgate e Salvamento com Cães (Bresc) e a população pode ajudar a escolher o nome deles.

As sugestões podem ser enviadas para o e-mail [email protected] ou para o WhatsApp (34) 98407-9227 até às 17h desta sexta-feira (20). Os nomes sugeridos irão para votação pela internet no mesmo dia.

Os participantes que tiverem sugerido os nomes mais votados vão ganhar brindes da corporação, poderão visitar o canil e conhecer de perto os três filhotes.

Sobre os novos ‘heróis de quatro patas’

Segundo o Corpo de Bombeiros, os filhotes chegaram do Rio Grande do Sul no último domingo (15) e já iniciaram os treinamentos para buscar pessoas desaparecidas em matas, escombros, soterradas e até mesmo corpos sem vida. Conforme os bombeiros, esses animais vão substituir os cães que estão se aposentando.

“Os nossos cães são treinados para buscar pessoas que estejam perdidas ou desaparecidas. Esse é o intuito principal. Nós lançamos uma campanha para escolher o nome deles. Conforme as pessoas forem dando as sugestões nós vamos avaliar e depois escolher os nomes dos três”, explicou o tenente Kaio César Damascena.

Os filhotes são todos machos, com quatro meses de vida cada. Devido a pouco idade, eles necessitam de contato e carinho diário. De acordo com os militares, eles devem estar prontos para participar da rotina do batalhão daqui a dois anos.

“Nós damos preferência pelo pastor belga de malinois porque é um animal que aguenta jornadas de trabalhos superiores às demais raças. É um animal bastante ágil e para o clima da nossa região, ele aguenta bem o calor daqui. Sobre os treinamentos, quanto mais novo começar os trabalhos com os filhotes, o resultado vem mais cedo. Os treinamentos inclui também brincadeiras para os cães”, disse o cabo Ítalo José.

 

Uberaba e Belo Horizonte são as únicas cidades de Minas que contam com canil especializado

Filhotes de pastor belga estão sendo treinados para integrar a equipe de Busca, Resgate e Salvamento - Foto: Divulgação/Bombeiros

 

Uberaba e Belo Horizonte são as únicas cidades de Minas Gerais que contam com canil especializado em busca e salvamentos no Corpo de Bombeiros. Em Uberaba, entre os cães usados nesse tipo de resgate estão as veteranas Angel, Santa e Agnes, que ajudaram nas buscas em Brumadinho.

Em novembro de 2019, o G1 noticiou as homenagens a três cães e três militares de Uberaba que participaram das buscas em Brumadinho.

À época, o sargento Thales Marcelo Rufino, o cabo Eduardo Luiz Domingos e o soldado João Vítor Silva de Azevedo Alves, acompanhados das cadelas Angel, Cheise e Agnes, voltavam do Seminário Nacional de Bombeiros, realizado em São Luís (MA), quando foram surpreendidos com as palavras do comissário de bordo da companhia aérea Gol.

“Os três cães, o Thales, Domingos e o Azevedo participaram das buscas em Brumadinho. Então, os considero heróis. Dezesseis corpos ainda não foram encontrados e esses ‘caras’ fazem parte do lado bom da sociedade, dos heróis. Quem pode acompanhar documentário das buscas, pode saber o quanto eles lutaram por todos nós, para que as famílias tivessem um pouco de paz ao receberem os parentes. Eu fico emocionado de poder participar disso [...]. Espero que a gente sempre possa ter o braço forte e apoio de vocês em todos os momentos que a sociedade precisar. Então, eu vou aplaudir vocês”, disse o comissário aos tripulantes, que também os aplaudiram em seguida.