Mosaic
Prefeitura- coronavírus
Polícia

Ladrão faz “limpa” em ateliê de tatoo, no centro

Ateliê de tatoo tinha câmeras de segurança e imagens serão utilizadas para identificar autor do roubo

25/03/2020 06h00
Por: Marconi Lima
Ateliê de tatoo tinha câmeras de segurança e imagens serão utilizadas para identificar autor do roubo - Foto: Ilustração
Ateliê de tatoo tinha câmeras de segurança e imagens serão utilizadas para identificar autor do roubo - Foto: Ilustração

Compareceu a Base de Segurança Móvel, do Centro, proprietário de um ateliê de tatuagem, na área central e que devido à pandemia do Coronavírus, o local estava fechado. Porém o reclamante resolveu passar pelo estabelecimento para dar uma olhada e ao aproximar visualizou a porta arrombada com a loja toda revirada. 

A vítima disse também que uma viatura do Tático Móvel chegou ao local no momento do fato, entraram na loja, porém não localizaram o autor do furto de uma televisão LG 32 polegadas, um computador LG de cor preta LCD, duas máquinas de tatuagem da marca Eikon Rotary, no valor de R$5 mil cada, aproximadamente R$ 2 mil em moedas de R$1,00, um boné da marca Tattuaria, (confeccionado apenas uma unidade exclusivamente para a vítima) e dois fardos de cerveja lata da marca Heineken. 

O autor também tentou furtar um aparelho de TV de 60 polegadas da marca LG, mas a TV caiu e quebrou, ficando danificada no local. 

Os Policiais Militares (PMs), do Tático Móvel, em seguida indicaram para que a vítima fosse até a base para fazer o registro do fato.

A vítima disse que iria retirar os móveis do local e levá-los para residência de sua mãe e que depois faria o Reds. Segundo ele, enquanto estava fazendo a retirada um indivíduo conhecido nos meios policiais pela prática de roubo e furto passou em frente ao local usando o boné que fora furtado.

Imediatamente a vítima se dirigiu a Base de Segurança e contactou os militares que efetuaram a abordagem e prisão do indivíduo, tendo o boné sido reconhecido pelo proprietário do ateliê. 

Oo local do furto possui sistema de filmagem, porém o computador foi furtado, ficando a vítima apenas com o DVR em mãos, não conseguindo repassar as imagens. 

A vítima foi orientada a procurar a Delegacia de Polícia para fornecer as imagens do autor. 

Uma equipe policial se deslocou até a residência do suspeito que estava utilizando o boné, para tentar localizar o restante do material furtado, porém a mãe dele disse que o mesmo está morando na rua já faz três anos, e que não tinha ido à residência. (ML)