PMU
Músicos não morrem!

Músicos não morrem! Viram notas musicais

Músicos não morrem! Viram notas musicais

17/08/2019 06h00
Por: Redação

Sempre ouvi dizer que a linguagem universal é a matemática. Depois de algumas décadas de vida, ouso dizer que a linguagem universal é a música. Por favor, eu disse Música! Não confundam com “dançar na boquinha da garrafa”. Ao tecer esta diferença de interpretação, esclareço: a matemática é fria e calculista. Absoluta! Definitiva! Já a música nos leva a sentimentos que fogem à razão. A música não impõe. Ela permite ao ouvinte a exacerbação da imaginação e, por isso, deixa livre o coração. Busca o mais alto da emoção. 

Por que estou refletindo sobre isso? Deixou a vida física nosso amado amigo e colega André Luiz Borges Novais (foto). Músico e Dentista. Professor de grande carisma e um apaixonado pela vida. Homem de fino trato. Um mestre na prática do amar ao próximo. Como diria o imperador romano: “veni, vidi e vici” ou “vim, vi e venci”. Pois é isso mesmo. André veio para estar entre nós. Nos mostrou seu desapego às coisas. Muitas vezes seus amigos usavam a frase pela qual descrevia bem o espírito nobre de André, qual seja: “O André é um sujeito que conquista e distribui”. O que poderia usar como se dele fosse não retinha para si. Tirava dele e repassava.

E agora meu querido amigo André? O palco está vazio? As luzes se apagaram? É certo que não. Um grande show está acontecendo no céu e você é a estrela. Por isso reafirmo que músicos não morrem! Viram notas musicais. Tenho certeza que você estará sempre entre nós. Sua vibração virá em melodiosos acordes que todos nós, os seus privilegiados amigos, reconheceremos imediatamente. 

Vá meu querido amigo. Obrigado por tudo! Você é uma grande lição de amizade. Que tenhamos a humildade para reconhecer, aprender e praticar.

Texto escrito pelo professor Maurício Ferreira - Presidente da ABO – Uberaba.

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias