Cidade

Nova fábrica de cerveja gera corrida por emprego no Sine de Uberaba

Candidatos devem esperar pelo anúncio das vagas antes de cadastrarem seus currículos, lembra o secretário José Renato Gomes

O Sine de Uberaba tem registrado nos últimos dias uma grande procura por vagas de emprego na cidade. Segundo a coordenação da unidade, o movimento se deve ao anúncio da instalação do novo empreendimento do Grupo Petrópolis, anunciado pela Prefeitura de Uberaba há uma semana.
O investimento de 800 milhões de reais na construção de uma cervejaria deve gerar mais de 700 empregos diretos. No entanto, as vagas ainda não foram disponibilizadas pela empresa. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo (Sedec), José Renato Gomes, esclarece que no primeiro momento serão disponibilizadas as oportunidades no setor da construção civil, para candidatos interessados em trabalhar no canteiro de obras. Ainda assim é preciso aguardar o anúncio dessas vagas e só depois disso, procurar a unidade do Sine.
“Nós vamos receber as vagas e a partir daí saberemos que tipo de mão – de – obra a empresa vai precisar contratar. Com toda a relação dos cargos e do número exato de vagas, o Sine e a Sedec vão informar toda a população”.
A chefe da Seção de Análise Técnica e Econômica do Sine, Talitha Mara Santos de Oliveira, afirma que os currículos cadastrados alimentam o banco geral do sistema, e que os candidatos chamados de acordo com as vagas disponíveis, nesse mesmo sistema. Portanto, as pessoas que desejam trabalhar, especificamente, na nova fábrica que será instalada em Uberaba, devem esperar pelo anúncio dos empregos.
José Renato ressalta que a geração de empregos é uma preocupação permanente do prefeito Paulo Piau e de toda a Administração e que em breve, novos investimentos serão anunciados e irão beneficiar a população de Uberaba. “Nós estamos colhendo os frutos que plantamos nos últimos seis anos e temos certeza que o ano de 2019 será o ano do desenvolvimento econômico de Uberaba”, finaliza.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.