CidadeDestaque

O crepitar da memória

CULTURA

Semana finda, de afogueados momentos, em que a memória a cada dia grava, através da História, fatos que o cotidiano procura resguardar, surgem assustadores “suicídios”, que o fogo não perdoa gargalhando na dança frenética dos ventos a engolir em labaredas.
As marcas queimam línguas de estudiosos e sensíveis em assustadoras incompreensões que os amantes da Ciência e da Arte não aceitam espalhando mágoas, não achando justificativas aos fatos.
Enquanto nas mais pacatas cidades interioranas, cenas emplacam a Cultura e a Arte prevalecendo às custas de idealistas, grupos estudiosos na formatação de ideias compilando momentos jubilosos do fazer de cada geração acreditando-se no resguardo de seus portfólios.

Acadêmicos Arahilda Gomes e João Sabino em noite de gala recebendo as jornalistas visitantes da Rede Sem Fronteiras (Rio) Dyandreia Portugal e Juçara Valverde

No dia 31 de agosto, a articulista do JORNAL DE UBERABA, Arahilda Gomes Alves, escrevendo semanalmente há 25 anos, lançou seu quarto livro, entre crônicas e poemas, sempre em prol de entidades carentes, com apoio da Editora RSF, da ALTM e das Doze Guerreiras, que ajudam a amenizar a dor dos doentes do Hospital Hélio Angotti, de Uberaba. Assim o fizera inclusive com a montagem da ópera idealizada em projeto diferenciado com artistas cantores da cidade traduzida e resumida distribuindo quase três toneladas de alimentos a entidades carentes.
O lançamento do livro “Conta – Cantos” editado pela Rede Sem Fronteiras, do Rio e tendo suas jornalistas recepcionando a Arahilda, estiveram em Uberaba em nome da União Brasileira de Escritores e da Associação de Jornalistas e Escritores do Brasil entregando a ela e ao presidente da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, Dr João Eurípedes Sabino, diplomas de sócios correspondentes pelo alto desempenho dado à Cultura e à Arte, em Uberaba.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.