DestaquePolícia

Pai acusado de abusar dos filhos é preso no Girassóis pela PM

Juliano Carlos

Um homem acusado de abusar sexualmente da própria filha adolescente e do filho de 8 anos acabou preso pela Polícia Militar. Após ser detido ele ameaçou toda a família de morte.
Segundo informações do cabo da Polícia Militar Rafael Nunes, os policiais da 212ª Companhia foram acionados pelo conselho tutelar Para comparecer em uma escola no Jardim Copacabana, onde a diretora disse que estava há alguns dias percebendo o comportamento estranho de uma aluna de 12 anos e ao conversar com a vítima, ela contou que estava sendo molestada pelo pai dentro da residência.
A menina disse ainda que o genitor alegou que ela estava gastando muita água e shampoo para lavar os cabelos durante o banho, começou a dar banho na filha e iniciou os abusos, passando a mão no seu corpo. Ela ainda contou que durante a madrugada o acusado ia até o quarto dela e do irmão de 8 anos, molestava os filhos e quando a mãe acordava, o acusado ele dizia foi até o local para cobrir os filhos.
De acordo com a conselheira tutelar Cristiane Rosa, ela orientou mãe a sair do local com as crianças e a dona de casa A.P.R.L.37 anos, foi para casa de uma irmã com os filhos.
O acusado foi até a residência da cunhada e ameaçou todos de morte, mas acabou detido por policiais militares. O acusado de ameaça e suspeito de estupro de vulnerável de abusar foi levado para Delegacia de Polícia Civil teve a prisão confirmada pelo delegado de plantão Hércules Cardoso e foi encaminhado à Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira em Uberaba onde permanece à disposição da Justiça.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.