Polícia

Prefeitura assume clínica clandestina interditada

Clínica e casa de acolhimento de idosos foi interditada pela Justiça

Juliano Carlos

Funcionários da Secretária de Desenvolvimento Social (Seds) de Uberaba, assumiram a casa de acolhimento e clínica clandestina que foi interditada pela justiça em Uberaba.
De acordo com informações do secretário de desenvolvimento social do município Marco Túlio Cury, a Seds, foi intimada pela Justiça para assumir a clínica interditada na rua Aristides Borges no bairro Fabrício que funcionava sem autorização e alvará após a interdição depois de denúncias. Durante entrevista a reportagem do JORNAL DE UBERABA, o secretário disse que quando os funcionários da Seds chegaram no local, cerca de 35 idosos estavam desesperados com fome sem entender o que estava acontecendo na hora da interdição. Todos receberam banho, remédios e foram alimentados e segundo o secretário, a Seds, vai cuidar dos idosos por tempo indeterminado, “vamos garantir o bem-estar deles, até que os familiares venham busca-los, ou os que não tiver, serão encaminhados para outras unidades de acolhimento credenciadas pelo município” relatou Cury.

A interdição – A interdição da aconteceu após denúncias da aposentada A.G., 50 anos que tinha o pai J.F.G., 80 anos internado no local. Ela contou a nossa reportagem que o pai foi levado por um tio, sem autorização da família, mas quando foi visita-lo, constatou maus tratos e situação precária para os pacientes, sendo que a clínica cobrava de R$ 1 mil a R$ 1,5 mil por mês para a estadia de cada idoso.
A., contou que foi impedida de entrara para visitar o pai, decidiu fazer a denúncia, procurou o Ministério Público e relatou a situação em que os idosos estavam.
O pedido de interdição foi feito pela Promotora de Justiça Cláudia Alfredo Marques de Carvalho e aceito pelo Juiz Nilson de Pádua Ribeiro Júnior da 5ª Vara Cível que expediu a ordem judicial de interdição.
A proprietária do local foi intimada e não pode se aproximar a uma distância de 300 metros do local durante o período que a casa estiver interditada e sob a custódia do município.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.