Cidade

Prefeitura revoga licitação da PPP da Iluminação

A Prefeitura de Uberaba, por meio da Procuradoria Geral do Município (Proger), comunicou que revogou a licitação da Parceria Público-Privada (PPP) de Iluminação Pública, que havia sido vencida pelo Consórcio Triângulo, conforme divulgado em dezembro de 2018. A assessoria da Prefeitura informou que novo edital será publicado nesta semana.
Segundo a Prefeitura, por força de parecer, a Proger recomendou a desclassificação do consórcio que apresentou a melhor proposta e opinou pela revogação do certame.
“Esse rigor adotado pela Procuradoria visa à preservação da probidade administrativa, mediante afastamento de vícios que poderiam incidir na referida licitação, como impedimento de agente público de participar de atos do certame, de questões afetas à própria exequibilidade de futuro contrato, em harmonização com a efetividade de cumprimento do objeto contratual e da própria economicidade. Inclusive, deixamos aberta a possibilidade de a Comissão de Licitação fazer eventuais aperfeiçoamentos no edital, considerando a complexidade e vulto da licitação e dos relevantes interesses público-coletivo a ela entremeados”, destacou Paulo Salge, procurador do município, em nota.
O procurador ressaltou, ainda, que “PPP é um instrumento novo e por isso há extrema cautela, cuidado e transparência com o processo licitatório”.
Quem vencer a licitação ficará responsável pela prestação de serviços de iluminação em todas as vias públicas do Município durante os próximos 30 anos, além da eficientização energética, incluindo a operação do sistema e a sua manutenção.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.