Política

Prefeitura se organiza para modernizar toda área de gestão

Todo o patrimônio de bens móveis e duráveis da Prefeitura de Uberaba deverá ser digitalizado nos próximos meses contribuindo assim para o aumento da situação fiscal do município por meio do Sistema RFID. A ação só será possível depois do financiamento PNAFM (Programa Nacional de Apoio à Gestão Administrativa e Fiscal dos Municípios Brasileiros), aprovado recentemente pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e que aguarda a autorização da Secretaria do Tesouro Nacional. Apenas quatro cidades mineiras foram contempladas com o financiamento PNAFM sendo Belo Horizonte, Juiz de Fora, Bom Despacho e Uberaba.
O projeto foi apresentado pela Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria Especial de Projetos e Parcerias. A secretária da pasta, Ângela Dib, explicou que três propostas já foram aprovadas pelas instituições financeiras responsáveis por disponibilizar os financiamentos para as prefeituras de todo o país. Além do PNAFM também estão liberadas mais duas operações de crédito, uma delas pelo BNDES, que é o programa de modernização administrativa e tributária e, outro de Infraestrutura Urbana e Saneamento, pela Caixa Econômica Federal com o programa FINISA – Financiamento de Infraestrutura e Saneamento.
“Dentro do PNAFM, consta no projeto a atualização do cadastro dos contribuintes e melhoria da eficiência arrecadatória, modernização administrativa no que tange a gestão patrimonial e gestão de compras e licitações do município. Essa linha de financiamento permitirá implantar na prefeitura um sistema moderno adotado por pouquíssimas prefeituras do país, deixando Uberaba entre as mais avançadas em relação à modernização administrativa e equilíbrio fiscal”, explica Ângela.
“A prefeitura de Uberaba se encontra numa situação privilegiada no ranqueamento financeiro, ou seja, tem alta capacidade de endividamento e pagamento. Por isso, nossos projetos estão muito bem avaliados pelas instituições. Essa classificação garante linhas de crédito, avanços para o município nas áreas de gestão, infraestrutura, saneamento, e outras”, completou.
Sistema RFID – O sistema permite o controle dos bens através de etiquetas com identificação de radiofrequência, chamado de RFID. A solução gerenciará o estoque de maneira ágil a partir de etiquetas com identificação de radiofrequência, tornando mais resistente que as etiquetas comuns e permitindo a conferência e leitura de informações simultâneas em segundos.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.