Cidade

PRF inicia Operação Fim de Ano – Ano Novo 2019

Danilo Cruvinel

Operação Fim de Ano – Ano Novo 2019 da Polícia Rodoviária Federal (PRF) teve início à 0h desta sexta-feira (28) e segue até às 23h59 da próxima terça-feira, 1° de janeiro. Durante a ação, agentes reforçarão trechos estratégicos nas BRs, priorizando ações preventivas para redução da violência no trânsito, visando obter uma redução nos índices de letalidade nas rodovias federais.
As ações desenvolvidas pela PRF no período do Ano Novo 2019 serão focadas novamente na prevenção e diminuição da gravidade de acidentes; em uma resposta rápida para garantir fluidez ao trânsito; no combate às infrações de trânsito, em especial às condutas geradoras de acidentes como: o excesso de velocidade, as ultrapassagens proibidas, dirigir sob influência de álcool, transitar pelo acostamento, dentre outras.
Segundo dados divulgados pela PRF, a fiscalização e o policiamento serão intensificados por meio de rondas ostensivas nas rodovias e do posicionamento estratégico das viaturas e policiais ao longo dos trechos mais movimentados e considerados críticos, pelo alto índice de acidentes e pela elevada taxa de cometimento de infrações de trânsito. Para tanto, aproximadamente 800 policiais, em escalas de revezamento, utilizarão 23 radares e 200 etilômetros.
PRF também informou que por medida de segurança, devido ao grande aumento no fluxo de veículos, irá restringir o tráfego de veículos que necessitam de Autorização Especial de Trânsito (AET), como alguns bitrens, rodotrens, treminhões, cegonheiras carregadas e veículos com cargas excedentes, somente em rodovias federais de pista simples, em alguns dias do feriado. Segundo o informe, o dia e horário da restrição será: terça-feira (1° de janeiro) das 14h às 22h. O motorista que descumprir a determinação será multado em R$130,16 (infração média), receberá 4 pontos na CNH e terá o veículo retido.

Recomendações da Polícia Rodoviária Federal

A PRF ainda deu dicas sobre boas condutas para uma viagem segura: Planeje sua viagem e faça a revisão de seu veículo; É obrigatório, em rodovias, o uso dos faróis baixos acesos, mesmo durante o dia; Em caso de chuva durante sua viagem, acione os limpadores de para-brisa, diminua a velocidade e aumente a distância em relação ao veículo que segue à sua frente. Evite estacionar no acostamento. Caso tenha que parar, procure um local seguro afastado da pista de rolamento; Respeite os limites de velocidade estabelecidos para a via e obedeça às placas de sinalização. Onde não existir sinalização ou se esta estiver prejudicada, mantenha a velocidade compatível com as condições da via; O condutor e todos os passageiros do veículo devem utilizar o cinto de segurança. Crianças menores de 7 anos e meio de idade devem utilizar o equipamento obrigatório compatível (bebê conforto, cadeirinha e/ou assento de elevação); Ultrapasse sempre pela esquerda somente em locais permitidos e principalmente onde haja todas as condições necessárias para execução da manobra com segurança; Mantenha-se a uma distância segura do veículo que vai à frente, a fim de se evitar colisões traseiras (tipo de acidente que mais tem sido registrado no Estado) nos casos de freadas bruscas; Cuidado com os pedestres, principalmente em perímetros urbanos cortados por rodovias. Redobre a atenção e reduza a velocidade sempre que verificar a presença de pedestres nos acostamentos e às margens das rodovias; É importante também sempre levar água, frutas e alimentos não perecíveis no interior do veículo, para situações inesperadas como congestionamentos e interdições de pista; Todos os ocupantes do veículo devem portar documento de identificação, inclusive crianças e adolescentes; Ocupantes de motocicletas devem sempre usar o capacete. Mantenha distância das laterais traseiras dos veículos, eliminando assim o chamado “ponto cego”. Antes de mudar de faixa de rolamento use os retrovisores. Não trafegue próximo a caminhões. O deslocamento de ar produzido por esses veículos pode desestabilizar a motocicleta. Sempre circule com o farol ligado, para facilitar a visualização da motocicleta pelos pedestres e pelos veículos que estão em sentido contrário. Além disso, trafegar com o farol de motocicleta apagado é infração passível de penalidade de multa e suspensão do direito de dirigir. (DC)

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.