DestaquePolítica

PRF prende caminhoneiro embriagado após acidente

Juliano Carlos

Mais um acidente de trânsito com condutor embriagado foi registrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em rodovia da região. O motorista embriagado acabou preso.
A saída de pista aconteceu no km 760 da BR-262 quando, segundo informações do policial rodoviário federal Márcio Salge, o motorista B.F.F de 33 anos, conduzia uma carreta basculante Volvo de cor branca pela rodovia sentido Uberaba/Araxá e em determinado momento, ao passar pelo km 760, ele perdeu o controle direcional da carreta que saiu da pista e ficou às margens da rodovia.
Os policiais receberam um chamado da concessionária que administra a rodovia informando sobre o acidente e a viatura da Polícia Rodoviária Federal compareceu no local da saída de pista. Durante verificações os policiais constataram que o motorista B. estava com visíveis sintomas de embriaguez. Foi realizado o teste do etilômetro (bafômetro) e foi constatado que B. tinha ingerido bebidas alcoólicas. O condutor que teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida foi preso em flagrante e levado para a delegacia de Polícia Judiciária para prestar esclarecimentos ao delegado de plantão.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.