DestaquePolícia

Quadrilha acusada de roubar posto e arrombar cofre é presa

Juliano Carlos

Uma quadrilha acusada de roubo à mão armada em posto de combustíveis acabou presa pela Polícia Militar após agredir o vigia. Uma réplica de arma, além de materiais para arrombamento de um cofre foram apreendidos com os suspeitos.
O assalto aconteceu em um posto de combustíveis na avenida Alexandre Barbosa, onde segundo informações do Subtenente da Polícia Militar Wellington Lima os policiais do 67º Batalhão de Polícia Militar (BPM), receberam denúncias anônimas de um morador das proximidades que informou sobre três suspeitos que desembarcaram de um veículo Volkswagen Gol de cor prata na Avenida Alexandre Barbosa, foram até o posto e renderam vigia. As viaturas foram até o local e abordaram um suspeito que estava dentro do carro e foi identificado como A.S.L.H., 24 anos.
Durante verificações eles cercaram o local e durante vistorias e buscas as equipes prenderam mais três suspeitos que foram identificados como D.H.S., 25 anos, W.S.H.L., 19 anos e R.R.S., de 18 anos. Em seguida eles entraram dentro do banheiro do posto para fazer a vistoria e encontraram o vigia G.F.R., de 45 anos amarrado. Os policiais ainda apreenderam no local um pé de cabra e ferramentas utilizadas para arrombar o cofre, uma réplica de arma utilizada pelos criminosos aparelhos celulares e constataram que o cofre tinha sido arrombado, mas eles não conseguiram levar nenhuma quantia em dinheiro devido ação rápida dos policiais.
Os quatro acusados de roubo à mão armada, agressão cárcere privado e formação de quadrilha foram presos em flagrante levados para delegacia e apresentado ao delegado de plantão Diego Paganuci Lody que confirmou as prisões em flagrante. Na manhã de ontem todos que já tinham passagens nos meios policiais foram recambiados para Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira em Uberaba e permanecem à disposição da Justiça.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.