Política

Regulamentação de patinetes elétricos é solicitada pelo vereador Almir Silva

Vereador Almir Silva quer Projeto de Lei para regulamentar o uso de patinetes elétricos

O vereador Almir Silva (PR) quer que a Prefeitura se previna e elabore um Projeto de Lei para regulamentar o uso de patinetes elétricos. A medida, segundo ele, seria para evitar os problemas registrados em cidades onde os equipamentos começaram a ser utilizados sem nenhuma regulamentação.
Almir enviou um requerimento ao prefeito Paulo Piau com a solicitação, de forma que a cidade disponha de uma regulamentação permanente e previamente. O parlamentar lembrou que os patinetes são uma realidade nos grandes centros urbanos e que vai certamente chegar aqui.
De acordo com ele, isto desperta uma certa preocupação, uma vez que os mesmos não podem ser utilizados de forma desordenada. “É preciso ser adaptado a realidade do Município, para garantir a segurança dos usuários que vão usar os equipamentos, assim como dos pedestres e dos veículos”, argumentou o vereador.
“Não dá para brecar o que é realidade, precisamos oferecer mais segurança para quem vai usar”, acrescentou. Almir destacou que o patinete virou febre em cidades como São Paulo e Brasília, entre outras, sendo que algumas, como a capital paulista, estão providenciando a regulamentação e exigindo alguns equipamentos de segurança para os usuários.
“Eu espero que a Prefeitura se atente a isso, e faça um projeto para regulamentar o uso do patinete elétrico, pois tenho certeza de que em breve vai estar aqui”, afirmou. O vereador lembrou, ainda, que a empresa chinesa que em breve vai se instalar na cidade, deve fabricar o equipamento.
Vários vereadores se manifestaram favoráveis e pediram para assinar o requerimento. “É preciso oferecer segurança para quem vai usar”, finalizou Almir.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.