Nacional

Reservatórios da Cemig atingem volume máximo

A Usina Hidrelétrica de Nova Ponte, localizada no Triângulo Mineiro, também apresentou volume superior, indica a companhia

Os reservatórios das Usinas Hidrelétricas de Três Marias, na região Central, e de Nova Ponte, no Triângulo, atingiram o volume máximo deste ano, na última quarta-feira (26). Outras usinas da Cemig, como Emborcação, Queimado, Irapé e Camargos, também apresentam volumes superiores aos registrados na mesma data do ano passado (ver quadro).
O destaque é a Usina Hidrelétrica de Três Marias, que não alcançava o percentual de 49,24% do volume útil há mais de cinco anos, desde junho de 2013. Sua operação é fundamental para a regulação do Rio São Francisco, no trecho entre a barragem e a Usina de Sobradinho, na Bahia.
Visando melhorar as condições de captação de água em Pirapora, no Norte de Minas, a Sala de Crise do São Francisco firmou acordo para alterar a vazão da usina para 120 m³/s, em vez dos 100 m³/s que vinham sendo praticados desde 15 de novembro deste ano.
Três Marias foi um marco na engenharia brasileira porque sua construção, nos anos 1960, permitiu ao país adquirir conhecimento para a construção de grandes barragens de geração elétrica. A concessão da usina se encerrou em 2015 e foi renovada por mais 30 anos, junto com outras 17 usinas leiloadas pelo governo federal. Entre as concessões renovadas no leilão pela Cemig estão algumas que se confundem com a própria história da empresa, como a própria Três Marias, Itutinga e Salto Grande.
O gerente de Planejamento Energético da Cemig, Marcelo de Deus Melo, ressaltou o trabalho realizado nos últimos anos, em parceria com a comunidade e o poder público federal, estadual e municipal.
“Durante esse período de restrição, que o Sudeste do país enfrentou a partir de 2014, a gestão constante e cuidadosa da Usina de Três Marias permitiu que, mesmo nos momentos de maior dificuldade, fossem garantidos os recursos para o abastecimento humano e a dessedentação animal”, disse.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.