Cidade

Saúde promove ação de conscientização sobre Hanseníase

Chefe do Departamento de Vigilância Epidemiológica Robert Boaventura, destaca a importância da conscientização sobre a doença

Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realiza Ação Nacional de Combate e Prevenção a Hanseníase hoje durante a feira do bairro Abadia, das 8h às 12h. Um estande com profissionais da área da saúde vai estar nas imediações do cruzamento da avenida Prudente de Morais com avenida Saldanha Marinho, para tirar dúvidas da população, fazer avaliações e, em caso de necessidade, encaminhar as pessoas para o Centro de Saúde Eurico Villela, onde funciona o serviço de referência para a hanseníase, responsável pelo acompanhamento e tratamento das pessoas com a doença.
A hanseníase ou Mal de Hansen é uma doença infecciosa, contagiosa, que afeta os nervos e a pele e é causada por um bacilo chamado Mycobacterium leprae, podendo causar deformidades. É transmitida através das secreções nasais, gotículas da fala, tosse, espirro das pessoas doentes, e ainda tem um grande estigma social, sendo ligada no passado à discriminação e ao isolamento dos doentes.
O Dia Nacional de Combate e Prevenção da Hanseníase, instituído pela Lei nº 12.135/2009, é celebrado no último domingo de janeiro, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade e das autoridades de saúde sobre a importância da prevenção e do tratamento adequado da doença. Em Uberaba, foram diagnosticados 22 casos em 2018, 18 casos em 2017 e 25 casos em 2016, segundo dados do Departamento de Vigilância Epidemiológica. Até esta sexta-feira (25), nenhum caso foi diagnosticado em 2019.
Robert Boaventura, chefe do Departamento de Vigilância Epidemiológica de Uberaba destaca a importância da conscientização sobre a doença, que tem cura. Ele enfatiza que todas as unidades de saúde de Uberaba estão preparadas para receber as pessoas que tenham sintomas suspeitos. “Na própria unidade básica, elas passam por análise clínica, sendo encaminhadas para o Centro Eurico Vilela em caso de suspeita. A hanseníase é uma doença que ainda tem presença no Brasil, é contagiosa, mas que tem cura. O paciente não transmite a doença a partir do começo do tratamento, que é todo supervisionado pelo SUS, então não tem custo nenhum para a pessoa.”, ressalta.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.