CidadeDestaque

Stiquifar Solidário arrecada doações para Sanatório Espírita de Uberaba

O Stiquifar – Sindicatos dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas de Uberaba e Região lança entre os seus sindicalizados mais uma campanha solidária. O “Stiquifar Solidário” nasceu no ano passado, onde recolheu milhares de itens para o Instituto dos Cegos. Dessa vez, a instituição escolhida é o Sanatório Espírita de Uberaba.
Atualmente o Sanatório passa por graves dificuldades financeiras lutando diariamente para cumprir a missão idealizada por Maria Modesto Cravo e Dr. Inácio Ferreira. Além da questão financeira o Sanatório necessita urgentemente de equipamentos e obras de manutenção.
99% das internações ocorrem através do SUS – Sistema Único de Saúde. São 83 cidades da região do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas, com população de aproximadamente dois milhões de habitantes, que tem o SEU como hospital-referência para tratamentos psiquiátricos.
Com valores baseados na responsabilidade social e principalmente diante uma crise econômica, o Stiquifar está arrecadando doações para o Sanatório Espírita entre os trabalhadores da base.
Para a presidente do Stiquifar Graça Carriconde uma ação em conjunto pode sim fazer a diferença. “Essa crise tem provocado vários apertos entre os trabalhadores. Mas se cada um der um item, ajudando como podem, esse pouco pode ser tornar muito e será apenas uma pequena ajuda ao sanatório já que a instituição atende pacientes da região”.
Os trabalhadores e a população em geral podem doar produtos de limpeza, higiene pessoal, alimentos não perecíveis e artigos de uso pessoal.
As doações poderão ser entregues a rua Marquês do Paraná, 156, Estados Unidos de segunda a sexta-feira em horário comercial.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.