Economia

Supermercados de Minas festejam recuperação

Na comparação dos negócios faturados no mês passado, ante outubro de 2017, a expansão foi de 3,92%

Entre janeiro e outubro, o setor supermercadista mineiro acumulou crescimento de vendas de 2,83% em relação ao mesmo período do ano passado, já tendo atingido, com esse desempenho, as projeções da Associação Mineira de Supermercados (Amis) para todo este ano. O resultado foi apontado em pesquisa realizada junto a todas as empresas do estado que consiste no Termômetro de Vendas apurado mês a mês. Na comparação dos negócios faturados no mês passado, ante outubro de 2017, a expansão foi de 3,92%.
Os números já estão deflacionados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Se mantivermos este crescimento – e as chances de, inclusive, superá-lo são boas – fecharemos o ano com faturamento superior a R$ 35,73 bilhões, ante os R$ 34,73 bilhões realizados em 2017”, afirmou ontem Antônio Claret Nametala, superintendente da Amis.
Segundo Claret, o setor também tende a superar as projeções para 2018 de abertura de 60 lojas. Até a primeira quinzena de outubro, as novas unidades somavam 43, gerando 4,7 mil empregos. “Só nesta quinta-feira (ontem) foram inauguradas quatro lojas no estado”, afirmou o executivo, considerando que a rede Supermercados BH abriu unidade no bairro Garça, na capital mineira.
O Grupo DMA inaugurou mais um supermercado com a bandeira EPA em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte; a rede Sales Supermercados abriu a 14ª loja em Barbacena e o quarto empreendimento do segmento aberto ontem foi a loja de atacarejo do Grupo Gardingo, em Matipó, na Zona da Mata. O setor supermercadista empregou, em 2017, 190.400 pessoas em 7.173 estabelecimentos. “Se confirmado o crescimento projetado, a expectativa é de que 2018 se encerra com 7 mil novas vagas e 7.233 lojas em Minas Gerais”, disse Claret Nametala.
Entre setembro e de outubro, as vendas se mantiveram praticamente estáveis, com variação média baixa, de apenas 0,12%.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.