DestaquePolícia

Tarado ejacula na nádega de jovem em via pública

Juliano Carlos

Policiais de todas as idades estão à procura de um homem que ejaculou nas nádegas de uma mulher que fazia caminhada em via pública. Assustada, ela foi amparada por populares que presenciaram o fato.
O abuso sexual aconteceu na Avenida Padre Eddie Bernardes da Silva no bairro Nossa Senhora de Lourdes onde segundo a atendente Onira Barbosa Oliveira de 25 anos, contou que caminhava pela via pública com fone de ouvido, escutando música em determinado momento próximo ao cruzamento com a Rua das Orquídeas, ela percebeu que estava sendo seguida por um homem e em seguida sentiu um líquido quente nas suas nádegas. Ainda segundo a jovem quando passou a mão para verificar do que se tratava, ela percebeu que era esperma masculino e viu o suspeito moreno de estatura mediana, que usava calça marrom clara e camiseta azul cavada, fugindo correndo sentido ao bairro Jardim Califórnia. A vítima ficou bastante assustada, pediu apoio para populares que acionaram a Polícia Militar (via 190). Policias militares da 40ª Companhia, realizaram rastreamentos por toda a localidade, mas o acusado não foi encontrado.
Em entrevista à reportagem do JORNAL DE UBERABA, Onira disse estar indignada com a situação, pois ela estava apenas caminhando em via pública quando foi abordada pelo suspeito. Ela contou ainda que já foi vítima de roubo uma vez e na hora começou a chorar, pediu o celular para uma testemunha e ligou para a mãe dela, “não tive reação na hora, fiquei muito assustada e só pensei em ligar pra minha mãe”, desabafou.
Onira falou que a falta de segurança está preocupante, mas isso não a desmotiva a caminhar, “não vou desistir de cuidar da minha saúde por conta de um cara sem noção que fez esse crime comigo, apenas quero que ele seja preso e pague na Justiça para que outras mulheres não passem por esse constrangimento que estou passando” finalizou Oliveira. Até o fechamento desta edição o “tarado do bairro de Lourdes” ainda não tinha sido encontrado. O caso será investigado por policiais civis da Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) do bairro Abadia.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.