Veículos

Toyota Corolla híbrido “americano” tem consumo médio de 22 km/l

Modelo Corolla dos Estados Unidos tem o mesmo motor do Prius vendido por aqui. Sedã nacional deve repetir o conjunto mecânico, mas com tecnologia flex

A nova geração do Toyota Corolla terá uma versão híbrida, e isso não é mais segredo. Para o Brasil, a fabricante ainda não confirmou, mas além desta novidade, o sedã deve ser o primeiro a combinar motor elétrico com outro a combustão que aceita gasolina e etanol.
Enquanto o novo Corolla híbrido flex não chega ao Brasil, algumas informações de modelos estrangeiros dão pistas sobre como será a tão esperada versão.
Segundo o órgão responsável por divulgar o consumo dos veículos vendidos nos Estados Unidos, por lá, o novo Corolla híbrido terá consumo médio de 22 km/l.

Híbrido e flex – O número é semelhante ao do Prius, híbrido com o qual o sedã irá compartilhar plataforma e conjunto mecânico.
Ainda que a aferição seja de um órgão americano, de um produto que será produzido e vendido nos Estados Unidos a partir do segundo semestre, a informação interessa ao público brasileiro.
Isso porque, tanto o novo Corolla híbrido, assim como o Prius atualmente vendido no Brasil, compartilham o mesmo conjunto mecânico, composto por um motor a combustão de 1.8 litro, além de um elétrico. Somados, eles entregam 122 cavalos.
A Toyota testa, desde o início do ano passado, o Prius com esta tecnologia. Não se sabe se o conjunto híbrido flex terá números diferentes de potência.

Novo Corolla – O Corolla nacional também deve ter um visual diferente do modelo americano. A inspiração do veículo vendido no Brasil deve ser a versão europeia, tradicionalmente mais refinada e comportada.
Para produzir o sedã médio em sua nova geração, a fábrica da marca em Indaiatuba (SP) está sendo modernizada com investimentos de R$ 1 bilhão.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.