DestaquePolítica

Triângulo e Alto Paranaíba elegem doze deputados

Franco Cartafina (PHS) e Heli Andrade (PSL) foram eleitos deputados federal e estadual.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Seis candidatos a deputados estaduais e seis candidatos a deputados federais do Triângulo Mineiro e do Alto Paranaíba foram eleitos neste domingo (7).
De Uberlândia, cidade que tem o maior colégio eleitoral do Triângulo e o segundo maior do estado, foram escolhidos três deputados estaduais e um deputado federal.
Em Uberaba, que ocupa a sétima posição entre os municípios com os maiores colégios eleitorais de MG, foram escolhidos um deputado estadual, Heli Andrade (PSL), e um deputado federal, Franco Cartafina (PHS).

Escolhidos das duas regiões

Deputados estaduais
• Uberaba
Delegado Heli Grilo (PSL) – 75.920 votos
Heli, de 61 anos, é policial civil e atuava como delegado-chefe do 5º Departamento de Polícia Civil em Uberaba. Ele havia concorrido aos cargos de vereador e de deputado estadual e já atuou como suplente nos dois cargos políticos.

• Uberlândia
Elismar Prado (PROS) – 53.842 votos
Assumirá o terceiro mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Leonídio Bouças (MDB) – 52.624 votos
Foi reeleito e vai exercer o quinto mandato no Legislativo de Minas. Também já foi vice-prefeito de Uberlândia e Secretário Municipal de Habitação e Meio Ambiente na década de 90.Luiz Humberto Carneiro (PSDB) – 50.341 votos
Também foi reeleito a deputado estadual por Uberlândia o produtor rural de 65 anos. Na Assembleia, já foi líder do Governo de Minas e vai para o sexto mandato.

• Patos de Minas
Dr. Hely (PV) – 64.913
Hely Tarquínio, de 78 anos, natural de Uberaba, é médico-cirurgião e foi reeleito a deputado estadual pela terceira vez consecutiva.

• Araguari
Raul Belem (PSC) – 31.788 votos
Raul Belem tem 38 anos e é empresário. Por três vezes, concorreu ao cargo de prefeito de Araguari. Já foi vereador e já atuou como suplente na Câmara dos Deputados.

Deputados federais
• Uberaba
Franco Cartafina (PHS) – 53.390 votos
Franco Cartafina, de 31 anos, é empresário e atuava como vereador pelo segundo mandato na Câmara de Uberaba. Com a saída dele do legislativo, quem deve assumir a vaga na Câmara é Elias Divino da Silva, também do PHS.

• Uberlândia
Welinton Prado (PROS) – 129.199 votos
Prado vai ocupar uma cadeira na Câmara dos Deputados pelo terceiro mandato consecutivo. Repórter fotográfico, Weliton se elegeu deputado estadual do PT por dois mandatos e chegou a concorrer às eleições para prefeito de Uberlândia em 2008, mas não foi eleito.

• Ituiutaba
André Janones (Avante) – 178.660 votos
A cidade de Ituiutaba terá representatividade na Câmara dos Deputados com a eleição do advogado de 32 anos. O especialista em gestão pública foi o terceiro candidato mais votado do estado. Janones também disputou as últimas eleições municipais para o cargo de prefeito, não sendo eleito.

• Iturama
José Silva Soares – 109.335 votos
O agricultor de Iturama Zé Silva (SD), 55 anos, foi reeleito e assumirá a cadeira pelo terceiro mandato consecutivo como deputado federal. O político ocupou cargos de gerente regional e presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater). Também foi secretário de Estado de Trabalho e Emprego em 2013.

• Patrocínio
Greyce Elias (Avante) – 37.620 votos
A advogada Greyce tem 36 anos e foi vereadora em Patrocínio em 2012. Em 2014, ela atuou como suplente na Câmara dos Deputados e em 2016 concorreu ao cargo de prefeita de Patrocínio, mas não foi eleita.

• Araguari
Zé Vitor (PMN) – 32.833 votos
Jose Vitor é engenheiro e tem 33 anos. Já foi professor universitário e atualmente era Superintendente Regional de Meio Ambiente do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.

 

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.