Cidade

Uberaba participa do Colegiado do Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas

A Secretaria de Meio Ambiente participou na segunda e terça-feira (dias 27 e 28), da Reunião Ordinária do Colegiado Coordenador do Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (FNCBH), no município de Foz do Iguaçú – PR. Na pauta de discussões foram discutidos instrumentos e estratégias de gestão de recursos hídricos e das bacias hidrográficas a nível nacional, além da preparação da programação técnica do XXI ENCOB – Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas, que ocorrerá em outubro.
O secretário adjunto Marco Túlio Prata, que ocupa o cargo de Assessor Jurídico do FNCBH, explica que além dos assuntos ordinários tratados, é importante frisar que este ano o ENCOB será voltado para a apresentação de ações desenvolvidas pelos comitês do Brasil em seus respectivos territórios. “Foi aprovado um projeto de gestão do CBH-Araguari, do qual a Prefeitura de Uberaba faz parte, para ser um dos que representará a Região Sudeste, sendo exposto no encontro como modelo de gestão. O projeto escolhido foi a parceria entre o Comitê, a Universidade Federal de Uberlândia (UFU), o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM) e o Ministério Público para que sejam cedidos estagiários para auxiliar na análise dos processos de Outorga, o que tem ajudado a diminuir o passivos existente na regional Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba”, destaca Prata.
O secretário de Meio Ambiente, Marlus Salomão, pondera que a participação de Uberaba em discussões nacionais tem sido constante e efetiva, o que integra conhecimento para a preservação ambiental do país como um todo. “As políticas públicas se unificam em discussões amplas e, por meio dos comitês, destacam-se as políticas de cada região em um aprofundamento das necessidades regionais com suas características próprias. Uberaba não apenas contribui tecnicamente, mas também tem a oportunidade de se atualizar constantemente para que possamos aplicar os melhores projetos em nosso município”, avalia.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.