Cidade

Uberaba pode ficar sem atendimento do Ipsemg

O SINDPÚBLICOS-MG, eu reuniões com diretores estaduais e usuários do Ipsemg em várias cidades do estado de Minas Gerais, observou um grande descuido por parte da administração do Ipsemg com os prestadores de serviços – hospitais, clínicas de imagem, laboratórios, entre outros.
“Fomos informados que se algo não for feito em caráter de urgência o atendimento entrará em colapso e servidores que utilizam o Ipsemg de diversas regiões do estado sofrerão as consequências da má gestão exercida nos últimos anos”, disse o diretor do SINDPÚBLICOS-MG Geraldo Henrique.
Em Governador Valadares todos os serviços do Ipsemg estão paralisados enquanto o Hospital UMC de Uberlândia informou que não atenderá mais usuários do IPSEMG. Usuários de outras cidades como Juiz de Fora, Itajubá Muriaé, Divinópolis e Uberaba também podem ficar sem atendimento médico hospitalar.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.