CidadeDestaque

Uberabense com nota máxima no Exame da OAB no Sudeste

A estudante do 10º período do curso de Direito da Universidade de Uberaba (Uniube), Hevelyn Danielle de Oliveira e Silva, foi a única a conquistar aprovação máxima (10 pontos) na 2ª fase do Exame Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil, na região Sudeste. Em nível nacional, apenas ela e uma candidata de Mato Grosso do Sul alcançaram essa pontuação no Exame.
Durante o curso de Direito, Hevelyn se organizou para fazer todos os trabalhos e manter um bom ritmo de estudos. Depois que começou a trabalhar, o tempo ficou escasso, mesmo assim ela não desanimou. Hevelyn aproveitou cada brecha para se dedicar aos livros: férias, horários de almoço e noites em claro para conseguir passar no Exame da OAB. A estudante foi aprovada com nota máxima em Direito do Trabalho quando ainda cursava o 9º período do curso.
Hevelyn já é graduada em Terapia Ocupacional, mas nunca exerceu a profissão. Na família, apenas ela e a mãe não tinham formação na área do Direito. “Meu pai é juiz aposentado e, atualmente, advogado. Meu irmão, minha irmã e meu esposo também fizeram Direito. Apesar disso, meu pai nunca interferiu nas escolhas dos filhos”, diz. Depois de quatro anos com o diploma na mão, ela decidiu, então, cursar Direito para focar concursos.
Hevelyn queria passar no Exame da OAB antes de concluir a universidade. Para isso, sabia que teria apenas três chances este ano e não mediu esforços para tal conquista. “A minha preparação para a primeira fase teve como foco fazer questões de exames anteriores. No começo, fiz questões de todas as matérias, depois foquei aquelas que têm maior número de questões na prova. Para a segunda fase, optei por fazer um curso preparatório e, também, vários simulados, pois acredito que o treino é a melhor forma de estudo”, explica.
Para o Exame, ela também contou com a ajuda da irmã e do esposo. “Aproveitei cada minuto que tinha. Na faculdade, também aproveitava com meus colegas os intervalos para estudarmos um pouco. O fato de estar perto de pessoas que estão no mesmo ritmo de estudo ajuda bastante”, diz.
Para Hevelyn todo o esforço valeu a pena. “É uma alegria muito grande ver o nome na lista de aprovados, tanto na primeira quanto na segunda fase. Confesso que ver a nota máxima na segunda fase foi uma surpresa. Eu realmente não esperava e fiquei muito satisfeita e orgulhosa. A sensação é de missão cumprida”, afirma.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.