DestaquePolítica

Vereador defende maior discussão sobre mudanças na Marcus Cherém

Vereador Kaká Carneiro entregou nesta quarta-feira (24) relatório do levantamento realizado entre os comerciantes da Avenida Deputado Marcus Cherém ao prefeito Paulo Piau quanto a implantação de mão única no projeto Complexo Viário Sul. O vereador defende uma discussão mais ampla do projeto, em conjunto com todos envolvidos – comerciantes e comunidade.
O documento apresentado ao chefe do Executivo é resultado do trabalho feito pelo vereador em contato direto com as pessoas, para avaliar a aceitação do projeto. Do total de 97 ouvidas pelo parlamentar, 86.11% não aceitam a alteração enquanto outros 11.34% se posicionaram a favor.
Kaká Carneiro é favorável à revitalização e reurbanização da área, porém propõe a manutenção no sentido do trânsito em todas as vias, principalmente na Marcus Cherém. Qualquer mudança, para mão única, ele avalia como temerária, por ser prejudicial ao comércio e moradores.
Além disso, o vereador sugere uma discussão mais ampla com toda comunidade e, a partir daí, realizar o projeto com mais responsabilidade, de forma bilateral e com o aval de todos envolvidos com as alterações previstas. Neste sentido, Kaká Carneiro é contra o início das obras para daqui a vinte dias, como foi anunciado.
Durante participação da reunião pública para apresentação do projeto à comunidade, o vereador levou seu posicionamento à todos presentes, principalmente no que tange uma “discussão mais ampla e intensa do projeto” e recebeu grande apoio dos comerciantes.
Nesta quinta-feira, ele se reúne com grupo de comerciantes para dar continuidade na discussão. “ O importante é debater o projeto, ver os prós e os contras em conjunto com todos envolvidos”, reforça.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.