NotíciasPolítica

Vereadores alteram lei visando atrair empresas e investimentos

Melhorar a redação da Lei de Incentivo, bem como, facilitar à administração municipal proporcionar mais vantagens na atração de empresas e investimentos para o município, é o objetivo de projeto aprovado na Câmara Municipal, nesta sexta-feira (13).
A proposta, que foi acompanhada em plenário pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo José Renato Gomes, destaca que é certo que a instalação de uma empresa envolve diversas secretarias e setores da prefeitura além da Sedec, como Meio Ambiente, Planejamento, Obras, Serviços Urbanos, Codau, Governo, entre outras.
O projeto altera artigo da Lei, substituindo a expressão “prédio industrial” por “imóvel edificado”, o que autorizaria o Poder Executivo ofertar salas, casas, galpão, dentre outros que não sejam apenas galpão e somente industrial, podendo ser comercial, por exemplo. “Além de propor a possibilidade de se prorrogar o prazo de 3 anos, visto que a lei é omissa nesse sentido”, segundo a proposta.
José Renato aproveitou a oportunidade para enfatizar o avanço para o município com a aprovação do PL pela Câmara. “Na matéria atualizamos lei municipal que rege sobre o assunto. Acredito que tudo existe o momento certo para ser realizado, e agora o Legislativo e Executivo fazem um trabalho magnífico, beneficiando a cidade com a aprovação das mudanças previstas na proposta”, disse.
A proposição autoriza, ainda, a administração criar um comitê de projetos especial para acompanhar a tramitação dos requerimentos, protocolos e demandas das empresas dentro do Poder Executivo. “Esse comitê seria constituído por servidores das secretarias envolvidas, visando dar celeridade aos processos de instalação, agilizando o processo e demandas. Com isso, não haverá criação de cargo ou despesas”, justificou o Poder Executivo.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.